Marcelo Odebrecht detalha conversas sobre construção da Arena Corinthians: 'Um pepino'

Marcelo Odebrecht detalha conversas sobre construção da Arena Corinthians: 'Um pepino'

Por Meu Timão

Construção da Arena Corinthians é investigada na Operação Lava Jato

Construção da Arena Corinthians é investigada na Operação Lava Jato

Foto: Divulgação

Em meio ao episódio envolvendo a Odebrecht pela construção da Arena Corinthians, mais um fato polêmico veio à tona. Preso desde junho de 2015 em virtude da Operação Lava Jato, Marcelo Odebrecht, ex-presidente da construtora, se manifestou a respeito do assunto e defendeu seu lado, apontando posturas equivocadas por parte do governo.

"A gente (Odebrecht) só entrou na Arena Corinthians porque o governo tinha prometido financiamento para a realização da Copa do Mundo; aí depois não dão. Aí, eu passo uma grande parte do tempo lutando para conseguir o que eles tinham prometido para a gente entrar", disse ao Valor Econômico.

Definido como o principal motivo da crise financeira que vive o Corinthians, o imbróglio é antigo e cercado de acusações, inclusive envolvendo Andrés Sanchez, ex-presidente alvinegro. Recentemente, a realização de uma auditoria em prol de esclarecimentos de gastos foi solicitada, porém acabou adiada.

"Moral da história: eu fiz uma coisa que não interessava para a gente. Hoje, estou com um pepino, porque a gente tem uma garantia com a Caixa Econômica Federal e o Corinthians não paga a gente", acrescentou Marcelo.

Conforme conta o herdeiro da construtora, o projeto inicial da Arena Corinthians teve o orçamento definido em R$ 100 milhões. Entretanto, após a conclusão, a obra foi avaliada em R$ 985 milhões, além de juros em virtude de empréstimos.

"Só um exemplo claro: aí, o Corinthians lá assume uma responsabilidade de R$ 100 milhões para estruturas provisórias para a Copa. Aí, o Corinthians "não tenho dinheiro". Aí a prefeitura diz que vai pagar e não tem dinheiro. A Copa é daqui a noventa dias; ninguém cuidou das estruturas... eu estou na minha. Não é responsabilidade nossa. 'Aí, não, mas a Odebrecht tem que resolver'. Pô, como é que eu vou resolver?", completou.

Veja mais em: Arena Corinthians e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Mesmo com Jô, Timão não foi páreo para Flamengo na tarde deste domingo

    Sonolento, Corinthians leva três no primeiro tempo e é derrotado pelo Flamengo

    ver detalhes
  • Após revés, Timão foi aplaudido por torcedores presentes na Ilha do Urubu

    Volante beira nota zero, e Giovanni é eleito o melhor do Corinthians em derrota

    ver detalhes
  • Danilo fica no Corinthians por mais uma temporada

    Carille confirma renovação do contrato de Danilo com Corinthians

    ver detalhes
  • Balbuena e Romero, os paraguaios do Corinthians

    Romero se torna o estrangeiro com mais jogos na história do Corinthians; Balbuena chega ao 100º

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes