Feliz no Corinthians, Clayton explica por que não vingou no Atlético-MG

5.5 mil visualizações 39 comentários

Clayton tem contrato com o Timão até 31 de dezembro

Clayton tem contrato com o Timão até 31 de dezembro

Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

Emprestado pelo Atlético-MG até o fim da temporada, o atacante Clayton foi apresentado como novo reforço do Corinthians, na tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava. Ao receber a camisa do Timão das mãos do diretor de futebol Flávio Adauto, o jogador concedeu entrevista coletiva e teve de responder a algumas perguntas a respeito da passagem apagada em Minas Gerais.

Sincero, Clayton reconheceu que seu insucesso no Atlético foi fruto de suas próprias ações. Mais do que isso, admitiu que o clube mineiro lhe deu todo o suporte para brilhar como nos tempos de Figueirense, quando chamou atenção do Corinthians e se destacou pela Seleção Brasileira Sub-20.

“Não tenho nada a reclamar do Atlético, é um excelente clube, me deu ótimas condições de trabalho. Se não virei titular, no meu ver foi culpa minha mesmo. É um excelente clube, como o Corinthians também é. Vou disputar vaga com todos que estão aqui. Espero fazer meu melhor, fazer gols, dar assistências e ajudar o Corinthians. Vou dar o meu melhor para ajudar o Corinthians e fazer um bom ano”, disse Clayton, que minimizou a concorrência no ataque atleticano.

“Minha briga não era com Lucas Pratto e Fred, era com Luan, Maicosuel, Otero. Lá eu jogava por fora. O que dificultou a minha regularidade, eu não comecei bem na verdade, não fiz bons jogos no começo e perdi confiança. No fim do ano, fui tirado do time porque alguns jogadores titulares voltaram de lesão. Foi uma opção do Marcelo (Oliveira, então técnico do Atlético-MG). Mas é isso, viro a página, esse ano estou no Corinthians, vim para cá pra fazer meu melhor e ajudar o Corinthians a fazer boas partidas”, resumiu.

Questionado se havia sentido a pressão por atuar em uma equipe de maior visibilidade, o atacante, que marcou oito gols em 52 partidas pelo time de Belo Horizonte, foi direto:

“Não, de maneira nenhuma. Sou um jogador de muita personalidade. O que não deu certo foi (sic) minhas atuações, não tenho vergonha de falar isso. Sou um jogador muito novo, 21 anos. Em cada clube que passei foi um aprendizado. Claro que é complicado ficar se jogar, o investimento foi alto, mas aqui no Corinthians é uma nova etapa. Estou preparado para fazer meu melhor e sem bem recebido”, finalizou.

Clayton será inscrito pelo Corinthians na segunda fase do Campeonato Paulista, que começa já no domingo. Para o duelo contra o Linense, nesta quarta-feira, na Arena, o atacante está vetado por questões legais.

Veja mais em: Clayton e Contratações do Corinthians.

Veja Mais:

  • Meia não foi relacionado por Sampaoli nos jogos do Brasileirão

    Corinthians encaminha acerto com Romulo Otero do Atlético Mineiro

    ver detalhes
  • Meia tem muita moral no Chile e é visto como grande promessa do país

    Jornais do Chile repercutem gol e assistência de Araos pelo Corinthians; veja alguns tuítes

    ver detalhes
  • Luan ainda não convenceu a torcida do Corinthians

    Tiago Nunes banca Luan como titular do Corinthians após ausência em estreia no Brasileirão

    ver detalhes
  • Timão espera contar com Gil no segundo compromisso do Brasileirão

    Corinthians trabalha por liberação de dupla para próximo jogo no Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • O que ainda te mantém em pé após mais um revés, corinthiano?

    [Ana Paula Araújo] O que ainda te mantém em pé após mais um revés, corinthiano?

    ver detalhes
  • Corinthians e Fortaleza se enfrentarão em uma quarta-feira

    CBF altera data e horário de jogo do Corinthians contra o Fortaleza no Brasileirão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: