Corinthians envia pedido de efeito suspensivo de Fagner e quer julgamento de Pottker antes de final

Corinthians envia pedido de efeito suspensivo de Fagner e quer julgamento de Pottker antes de final

57 mil visualizações 137 comentários Comunicar erro

Fagner ainda tem chances de atuar no domingo contra a Ponte Preta

Fagner ainda tem chances de atuar no domingo contra a Ponte Preta

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Enquanto trabalha para conseguir um efeito suspensivo na suspensão de Fagner para a final do Campeonato Paulista, o departamento jurídico do Corinthians quer que o atacante da Ponte Preta, William Pottker, tenha o mesmo tratamento do lateral. Ou seja, que seja julgado antes do término do Campeonato Paulista.

A reportagem do Meu Timão apurou que os advogados do clube solicitarão ao Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo que convoque uma sessão extraordinária para analisar as imagens da suposta agressão do pontepretano ao volante Gabriel durante o primeiro tempo do duelo em Campinas.

Normalmente, as reuniões dos auditores do TJD-SP acontecem às segundas-feiras. Porém, como nesta semana o feriado caiu na segunda, os julgamentos na sede da Federação Paulista de Futebol aconteceram na terça-feira, entre eles o de Fagner e Cueva. O lateral do Corinthians pegou um jogo de suspensão, que terá de cumprir na finalíssima, enquanto o são paulino foi apenas advertido pela troca de "gentilezas" durante o Majestoso disputado na Arena Corinthians.

A chance de êxito desse pedido de julgamento de Pottker é pequena, segundo pessoas consultadas pela reportagem do Meu Timão. Com apenas três dias úteis pela frente (quarta, quinta e sexta), a tendência é de que o atacante da Ponte Preta seja julgado pelas imagens de vídeo somente após o término do campeonato.

Efeito suspensivo de Fagner

O departamento jurídico finalizou na manhã desta quarta-feira a petição que será encaminhada ao presidente do TJD-SP, Antonio Olim, com o pedido de efeito suspensivo para que Fagner tenha condições legais de enfrentar a Ponte Preta no domingo, em Itaquera.

De acordo com os advogados do Corinthians, a resposta de Olim deve sair até a manhã de quinta-feira. Vale lembrar que será uma decisão exclusiva do presidente do TJD-SP. Não há mais julgamentos ou votações.

A participação de Fagner na decisão está nas mãos de Olim. Se a resposta for negativa, Léo Príncipe será o dono da lateral direita na decisão contra a Ponte Preta, neste domingo, às 16h.

Veja mais em: Fagner e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    ver detalhes
  • Agora capitão fixo do Corinthians, Cássio ergue a taça do hepta, em 2017

    Fim de rodízio? Volante do Corinthians nega conversa de Jair sobre escolha de capitão fixo

    ver detalhes
  • Pacaembu irá receber clássico entre Corinthians e Santos no Brasileirão

    Rival solicita, e Corinthians voltará ao Pacaembu ainda em 2018

    ver detalhes
  • Reservas fizeram uma atividade de um contra um durante boa parte desta terça-feira

    Treino do Corinthians tem ausência de titulares, um contra um dos reservas e goleiros no futevôlei

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes