Carille confirma escalação do Corinthians para final do Paulistão e fala até em esquemas táticos

Carille confirma escalação do Corinthians para final do Paulistão e fala até em esquemas táticos

Por Meu Timão

111 mil visualizações 145 comentários Comunicar erro

Camacho será substituto do suspenso Rodriguinho na final do Paulistão

Camacho será substituto do suspenso Rodriguinho na final do Paulistão

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

A escalação do Corinthians, salvo a ocorrência de algum imprevisto, está confirmada para a finalíssima do Campeonato Paulista de 2017. Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, o técnico Fábio Carille bateu o martelo sobre os 11 titulares que pretende levar a campo no domingo diante da Ponte Preta, na Arena.

A principal novidade foi a confirmação de Camacho na vaga do suspenso Rodriguinho. Volante de origem, o jogador atuará como meia armador ao lado de Maycon em uma linha de quatro jogadores completada por Romero e Jadson pelas pontas. O esquema é o 4-1-4-1.

"Confirmado Camacho no lugar do Rodriguinho", limitou-se a dizer, haja vista que Paulo Roberto (outra novidade) já havia sido confirmado por Carille como substituto do também suspenso Gabriel ainda na noite do último domingo.

Assim, o Corinthians começa a finalíssima do Paulistão com: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Arana; Paulo Roberto; Jadson, Camacho, Maycon e Romero; Jô. Tal equipe já vinha sendo esboçada pelo treinador nas atividades dos últimos dias no centro de treinamento.

Alternativas

No decorrer do jogo, Carille pode promover algumas mudanças no jeito de jogar do Timão. Sem a necessidade de realizar substituições, o treinador pode mudar o esquema para o habitual 4-2-3-1, recuando Maycon ou Camacho para perto de Paulo Roberto e centralizando Jadson como principal armador no meio de campo.

"Treinei duas situações. Um losango com Jadson na frente dos três jogadores, e o 4-1-4-1 com Camacho e Maycon na frente do Paulo Roberto. Gostei também do 4-2-3-1, com Léo Jabá e Clayton. Mas ontem defini que começo com Camacho", contou Carille.

Esta última alternativa citada pelo treinador diz respeito a um possível jeito de jogar no segundo tempo da partida contra a Ponte Preta, com as entradas de Clayton e Léo Jabá nas vagas, respectivamente, de Romero e Camacho.

"Eu gostei dos dois treinamentos, abrindo Léo Jabá e Clayton, fazendo uma equipe mais rápida. Com Camacho ganho mais posse de bola e qualidade. Ele é um meia, sempre foi. Por isso, a opção de manter dois armadores na equipe", concluiu.

Veja mais em: Fábio Carille, Camacho e Paulo Roberto.

Veja Mais:

  • Marcelo Aparecido de Souza foi pressionado por jogadores e torcedores no Allianz Parque

    STJD aceita pedido para julgar mérito que pode melar título paulista do Corinthians

    ver detalhes
  • Dupla voltou de Chapecó com problemas físicos e pode se tornar baixa

    Dupla será reavaliada e pode se juntar a Cássio como desfalque para Corinthians no sábado

    ver detalhes
  • Guilherme Castellani assinou com o Timão até o fim de 2020

    Goleiro da equipe Sub-20 assina primeiro contrato profissional com o Corinthians

    ver detalhes
  • Henrique quer Corinthians bem no Brasileirão até o embate pela Libertadores

    Em desembarque, Henrique fala em 'virar a chave' para se aproximar dos líderes no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes