Fagner revela 'frio na barriga' após convocação de Tite e agradece Corinthians

Fagner revela 'frio na barriga' após convocação de Tite e agradece Corinthians

Ao lado do meia Rodriguinho, Fagner apareceu entre os convocados para a Seleção Brasileira

Ao lado do meia Rodriguinho, Fagner apareceu entre os convocados para a Seleção Brasileira

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Entre os escolhidos do técnico Tite para a Seleção Brasileira, o lateral-direito do Corinthians, Fagner, não escondeu a felicidade com a oportunidade. O jogador apareceu ao lado do meia Rodriguinho na lista de convocados para a equipes nacional nesta sexta-feira, para defender o a camisa verde e amarela em amistosos contra Austrália e Argentina, no mês de junho, em Melbourne.

Fagner, que já foi convocado para a Seleção em outras duas ocasiões, não deixou de agradecer ao time alvinegro com a nova conquista. Ressaltando a importância do Corinthians e dos companheiros de equipe em seu futebol, o lateral-direito contou qual a sensação de ser um dos escolhidos do time canarinho e como recebeu a notícia.

“Fico feliz mais uma vez, também dá essa ansiedade e frio na barriga, porque você está sendo avaliado pelo que fez no clube. Eu estava em casa, com a família, e fico feliz por poder retornar. O clube está me proporcionando isso, agradeço aos meus companheiros também. Fico muito feliz por tudo o que vem acontecendo”, comentou o lateral do Timão em entrevista coletiva concedida no CT Joaquim Grava, nesta sexta.

Para se apresentar à Seleção, Fagner irá desfalcar o Corinthians em três partidas do Campeonato Brasileiro, ao lado do também convocado Rodriguinho. Além deles, o técnico Fábio Carille também não poderá contar com o zagueiro Balbuena e o atacante Romero, que foram escolhidos para representar o Paraguai em uma partida contra o Peru, no dia 8 de junho. Todo o quarteto é considerado titular na equipe alvinegra.

Quanto ao seu possível substituto no Timão, Fagner demonstrou confiança na força do grupo e na escolha de Carille para o grupo. “Não sei exatamente o que vai acontecer quando eu for para a Seleção, mas tem duas semanas até lá. O jogador que ele escolher para jogar, vai dar conta do recado. Temos de passar confiança também. Tenho certeza de quem for fazer, vai fazer bem feito para o Corinthians manter o padrão”, comentou o lateral.

Em relação a um espaço no elenco titular de Tite na Seleção, o jogador corinthiano não demonstrou preocupações extras. Fagner também preferiu creditar a decisão ao ex-treinador do Timão e reforçou sua satisfação com a nova chance.

“Aconteceu a lista, e logo depois viemos treinar pensando no jogo do fim de semana. Só quando eu estiver lá vou passar a pensar nisso. A felicidade é imensa de retornar. Se vou jogar, o Tite é quem pode dizer. A felicidade é imensa. Vamos pensar nesses jogos que temos no Brasileiro”, finalizou.

Veja mais em: Fagner e Corinthianos na Seleção.

Veja Mais:

  • Corinthians/Americana pode não voltar a quadra no segundo semestre

    Campeão nacional, Corinthians/Americana chega ao fim, diz jornal

    ver detalhes
  • Cicinho, hoje no futebol búlgaro, deve pintar como reforço do Corinthians

    Final da Copa da Bulgária separa Corinthians de segunda contratação para o Brasileirão-2017

    ver detalhes
  • Pequeno torcedor conheceu também o xeque Al-Khelaifi, dono do clube francês

    Em Paris, torcedor-mirim surpreende xeique do PSG e pede contratação de atacante do Corinthians

    ver detalhes
  • Mesmo com nova lesão, diretoria do Corinthians pausa busca por novo zagueiro

    [Marco Bello] Mesmo com nova lesão, diretoria do Corinthians pausa busca por novo zagueiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes