Jadson analisa os três meses de invencibilidade do Corinthians em 2017: 'Soma de fatores'

Jadson analisa os três meses de invencibilidade do Corinthians em 2017: 'Soma de fatores'

1.9 mil visualizações 21 comentários Comunicar erro

Jadson analisou os índices do Corinthians em 2017

Jadson analisou os índices do Corinthians em 2017

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Vindo de um empate sem gols diante do Coritiba, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians atingiu a marca de três meses de invencibilidade na última segunda-feira. Na liderança da competição nacional, a equipe do técnico Fábio Carille conta com a oitava maior invencibilidade da história do clube alvinegro. Questionado sobre o índice, o meia Jadson apontou os méritos para todo o elenco do time do Parque São Jorge, ressaltando uma motivação maior do grupo com os bons resultados.

“É uma soma de fatores. Muitas vezes quando não deu na técnica, nosso time ganhou na raça e na força. Pretendemos melhorar. Não somos perfeitos, temos muito a acrescentar com trabalho e a união do grupo”, analisou o camisa 10 do Timão durante entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, nesta quarta-feira.

Leia também:
Corinthians divulga nova parcial, e Fiel deve bater marca de 30 mil mesmo em horário de pico
Corinthians relaciona jovem artilheiro da Copinha para jogo desta quinta; veja lista completa
'Mordido' com gol mal anulado, Jadson esquece Grêmio e pede Corinthians '110%' contra Bahia
Carille ratifica retorno de meia e indica escalação do Corinthians para enfrentar Bahia

Atual campeão paulista, o Corinthians não sabe o que é ser derrotado desde o dia 29 de março, quando perdeu para a Ferroviária por 1 a 0 – com um gol irregular do meia Alan Mineiro – durante o caminho ao título regional. Desde então, foram 13 semanas com 12 vitórias e nove empates, onde a equipe também conquistou a classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana desta temporada. Para Jadson, a boa fase traz força para o time alvinegro na busca pelo hepta nacional.

“Dá confiança e tranquilidade para trabalhar. É claro que ficar invicto é muito difícil, as equipes vêm com mais vontade, querendo tirar essa invencibilidade. Uma hora ou outra a derrota vai acontecer. Mas tomara que a gente consiga continuar vencendo o maior número de jogos possível”, ressaltou.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians volta a campo já nesta quinta-feira, quando recebe o Bahia na Arena em Itaquera, às 19h30 (de Brasília). Único time invicto da Série A da competição nacional, a equipe do técnico Fábio Carille conta com seis vitórias e dois empates até então, liderando a tabela de classificação com 20 pontos conquistados.

Veja mais em: Jadson, Campeonato Brasileiro, Campeonato Paulista e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Maycon (à esq.) não fica após Copa; Rodriguinho e Jadson devem receber ofertas

    Andrés diz que Corinthians deve perder três titulares durante janela de transferências

    ver detalhes
  • Walmir e Carille batem papo durante treino; ambos deixam Corinthians rumo ao Al-Wehda

    'Pego de surpresa', braço-direito de Carille diz ter poucas informações sobre clube saudita

    ver detalhes
  • Balbuena foi capitão na última partida entre os dois times

    Corinthians defende bom retrospecto contra o Internacional neste domingo; veja números

    ver detalhes
  • Bicicleta de Bale inspira zoeira entre corinthianos na web: 'Parecia o Romero!'

    Bicicleta de Bale inspira zoeira entre corinthianos na web; confira melhores tweets

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes