Lateral ressalta que gramado mais largo dificultou a vida do Corinthians na Colômbia

Lateral ressalta que gramado mais largo dificultou a vida do Corinthians na Colômbia

Por Meu Timão

2.6 mil visualizações 61 comentários Comunicar erro

Fagner destacou a dificuldade de jogar em um campo mais largo

Fagner destacou a dificuldade de jogar em um campo mais largo

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Antes do início do primeiro confronto contra o Patriotas, pela segunda fase da Copa Sul-Americana, as preocupações do Corinthians pareciam definidas. Desgaste físico pela sequência de jogos e altitude eram unanimidade na hora de listar os problemas para a partida. No entanto, a largura do campo do La Independencia acabou dificultando a vida do time alvinegro na Colômbia.

A diferença é de cerca de dois metros. A medição foi feita pela equipe do GloboEsporte.com, com passadas por falta de instrumentos após o jogo. No Brasil, os gramados são padronizados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e medem 68 metros de uma bandeirinha a outra.

Os dois metros a mais fizeram a diferença nos 90 minutos em Tunja. O lateral-direito Fagner destacou o sofrimento, principalmente para quem fazia a cobertura das laterais, e a vantagem do adversário, que souberam aproveitar o espaço.

"Era evidente. Em situações de jogo em que eles estavam pressionados, eles simplesmente chutavam a bola para o outro lado e ela não saia. Para nós, de beirada, o sofrimento é ainda maior. O campo fica um pouco mais largo, às vezes você tem que optar em fechar o espaço de dentro, para não ser surpreendido e o adversário criar chance de gol, mas por outro lado acaba oferecendo espaço para cruzamentos", afirmou.

"Mas acho que a equipe conseguiu controlar bem em relação a isso. Sabíamos dessa e de outras dificuldades, como o gramado fofo e a altitude, mas estamos de parabéns pela maturidade que tivemos", concluiu.

O resultado de 1 a 1, conquistado no fim da partida, com assistência do próprio Fagner para Balbuena, garante uma importante vantagem para o Corinthians. Agora, o time de Carille precisa de uma vitória simples ou um empate sem gols em Itaquera, no dia 26 de julho, para garantir a classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana.

Veja mais em: Fagner e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Mauro Boselli (foto) foi apresentado à Fiel junto com Manoel no último domingo, na Arena

    Boselli e Manoel são inscritos no Paulistão; lista atualizada do Corinthians tem 21 nomes

    ver detalhes
  • Luan teve a contratação solicitada por Carille; negócio é visto como bastante difícil pelo Timão

    Transferência de Luan ao Corinthians é descartada por dirigente do Atlético-MG

    ver detalhes
  • Caetano é titular do Corinthians, semifinalista da Copa São Paulo

    Com portugueses de olho, Corinthians já conversa com destaque da Copinha por renovação

    ver detalhes
  • Destacando-se no Grêmio, Juninho Capixaba tem contrato até o fim de 2021 com o Corinthians

    Grêmio abre negociação com Corinthians por Juninho Capixaba; pedida é de R$ 5 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes