Aranas Parque? Rei das canetas? Craque do Dérbi curte dia seguinte à vitória do Corinthians

Aranas Parque? Rei das canetas? Craque do Dérbi curte dia seguinte à vitória do Corinthians

Por Meu Timão

Guilherme Arana marcou um gol e sofreu um pênalti no Dérbi dessa quarta

Guilherme Arana marcou um gol e sofreu um pênalti no Dérbi dessa quarta

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

A quinta-feira está sendo bastante especial para o lateral-esquerdo Guilherme Arana. O jovem do Corinthians, destaque da vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras, na noite dessa quarta-feira, concedeu entrevista coletiva agora pela tarde no CT Joaquim Grava. O camisa 13 do Timão não escondeu de ninguém: está curtindo e muito o "pós-Dérbi".

"Recebi algumas brincadeiras e fico muito feliz, as brincadeiras sadias são muito bem-vindas. Nunca desrespeitando o Palmeiras, que é uma grande equipe. Fiz um dos meus melhores jogos como profissional. Tenho de ter a cabeça no lugar para manter a sequência", disse.

Nas redes sociais, não demorou para viralizarem brincadeiras envolvendo o nome do estádio do Palmeiras - Allianz Parque se tornou Aranas Parque - e a caneta aplicada para cima do zagueiro Mina. O próprio Arana, ainda no gramado, já havia "iniciado" a zoeira ao mandar um abraço para um amigo palmeirense que assistia ao Dérbi pela televisão.

"Meu amigo que mandei um abraço estava lá em casa. Cheguei lá, ele estava meio triste, mas feliz por mim e pela minha atuação. É uma brincadeira sadia. Meu irmão é palmeirense, mas é meu irmão. Vou levar para a vida toda. Sempre que tiver um Corinthians x Palmeiras e a gente ganhar, vou brincar com ele, e vice-versa. O nome dele é Rafael, mas o apelido é Bu", contou Arana.

Ainda no que diz respeito à vitória corinthiana sobre o maior rival, Arana fez questão de enaltecer a importância de um Dérbi. Formado nas categorias de base do Timão, o jovem já está cansado de saber o significado de um duelo entre Corinthians e Palmeiras.

"Esse clássico representa muita coisa, eu assistia só pela televisão. Fico muito feliz, é um sonho de criança realizado. Até brinquei depois do jogo que quando eu era pequeno, brincava com meus amigos e só escutava os clássicos nas rádios. Hoje, poder atuar como atuei... Isso não vai sair da minha cabeça", afirmou.

"Lembro da minha estreia contra o Sport, em que falhei e dei a reviravolta, mas o jogo de ontem foi especial. O Brasil para e assiste a Corinthians x Palmeiras. Uma das minhas melhores atuações como profissional", completou.

Veja mais em: Derbi e Guilherme Arana.

Veja Mais:

  • Pablo já disse mais de uma vez que quer permanecer no Corinthians

    Corinthians sobe oferta e espera sim de Pablo: 'Espero que seja suficiente'

    ver detalhes
  • Alvo do Corinthians, Roger deve ser oficializado como reforço do Internacional nos próximos dias

    Decisão de Roger não é repudiada pela diretoria do Corinthians: ‘Faz parte...’

    ver detalhes
  • Ginásio Wlamir Marques recebeu jogo 4 da final do NBB em 2017

    Corinthians faz pré-inscrição na Liga Ouro e reativa basquete após 21 anos

    ver detalhes
  • 32 mil torcedores foram ao estádio em Itaquera no último treino aberto

    Por agradecimento à Fiel, Corinthians deve abrir treino no sábado na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes