Carille detalha proposta chinesa e diz: 'Não saio do Corinthians nem por um caminhão de dinheiro'

Carille detalha proposta chinesa e diz: 'Não saio do Corinthians nem por um caminhão de dinheiro'

Por Meu Timão

149 mil visualizações 312 comentários Comunicar erro

Carille participou de programa de rádio nesta segunda-feira

Carille participou de programa de rádio nesta segunda-feira

Foto: Reprodução/Youtube

O sucesso do técnico Fábio Carille à frente do Corinthians já chegou ao outro lado do mundo. Nesta segunda-feira, em participação no programa Esporte em Discussão, da Rádio Jovem Pan, o treinador do Corinthians detalhou a proposta da China que recebeu há menos de um mês. Na semana passada, o comandante alvinegro já havia revelado ter sido procurado.

Carille foi questionado pelo apresentador Wanderley Nogueira se houve outras propostas nesta janela de transferências além da já citada oferta chinesa. O treinador corinthiano, então, fez questão de negar e aproveitou a oportunidade para esclarecer o contato da China:

"Não (houve mais propostas). Foi na semana do jogo contra o Grêmio, uma pessoa veio até São Paulo querendo me encontrar. Foi ali no Tatuapé, num hotel em frente ao Ceret. Fiquei com eles por volta de 20 minutos. Antes de encontrá-los eu procurei saber quem eram. Mas já cortei a conversa na hora, porque vieram com proposta para sair agora. Não sei que clube que era, só sei que era para a China", explicou.

Na sequência, Carille deu uma declaração que acalmou todos os corinthianos que ouviam o programa: ele não sai do Timão nem mesmo por "um caminhão de dinheiro". O treinador garantiu que só deixa o clube do Parque São Jorge no dia em que for demitido.

"Sem chance de sair do Corinthians. De coração e por gratidão: eu só saio do Corinthians quando for mandado embora. Pode vir um caminhão de dinheiro, eu não saio. É um sonho trabalhar em uma equipe deste tamanho, e vou desfrutar dessa sonho até o fim", disse.

Carille, vale lembrar, trabalhou como auxiliar-técnico no Corinthians de 2009 a 2016. No início de 2017, iniciou o trabalho como treinador efetivado. Em seis meses e meio à frente da equipe, soma apenas duas derrotas, o título do Paulistão e a liderança isolada e invicta do Campeonato Brasileiro.

Veja mais em: Fábio Carille e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Corinthians de Jonathas não conseguiu vencer o Cruzeiro nesta quarta-feira

    VAR tem noite terrível, Corinthians é derrotado na Arena e perde título da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Emerson Sheik foi eleito pela Fiel o melhor em campo na derrota do Corinthians para o Cruzeiro

    Mais velho e mais novo do Corinthians são eleitos os melhores da final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deu show à parte na finalíssima da Copa do Brasil

    Torcida do Corinthians dá novo show e 'se salva' em vice da Copa do Brasil; veja repercussão

    ver detalhes
  • Corinthians levou R$ 20 milhões pelo segundo lugar na Copa do Brasil

    Revés para o Cruzeiro na final da Copa do Brasil faz Corinthians perder quase R$ 40 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes