Jô lembra quando se juntou a Jadson para propor autógrafos a Carille: 'Parecia letra de criança'

Jô lembra quando se juntou a Jadson para propor autógrafos a Carille: 'Parecia letra de criança'

Por Meu Timão

72 mil visualizações 73 comentários Comunicar erro

Jô 'entregou' Carille durante programa ao vivo neste domingo

Jô 'entregou' Carille durante programa ao vivo neste domingo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Uma história hilária envolvendo o técnico Fábio Carille e os jogadores Jô e Jadson veio à tona na noite deste domingo. Em participação por vídeo no programa Resenha ESPN, o atacante corinthiano recordou o episódio em que se deparou com uma assinatura um tanto inusitada ligada ao elenco alvinegro.

“Fala galera do Resenha, aqui quem está falando é o Jô. Sei que vocês estão com um participante ilustre que é professor Fábio Carille e eu tenho uma pequena história, em pouco tempo já tem história para contar (risos). Um dia estava eu e o Jadson vendo alguns autógrafos dos nossos jogadores e a gente analisou um bem diferente, parecia de uma criança, criança que começa aprender a escrever”, iniciou Jô, aos risos.

“Estava lá: Carille. Eu e o Jadson olhamos: ‘Não, não, treinador de time grande como o Corinthians não pode ter uma assinatura dessas!’. Aí elaboramos três para ele e levamos na sala dele (risos). Ele começou a rir e falou: 'Eu só vou mudar depois, por enquanto está dando certo não vou mudar’”, revelou o centroavante do Timão.

O relato curioso de Jô fez Carille, um dos convidados do programa ao vivo, cair na risada. “É verdade (risos), foi durante o Campeonato Paulista, tiraram sarro demais. Mas disse: 'Só mudo depois de terminar o Paulista'. E mudei”, atestou, pouco antes de mostrar a nova assinatura aos demais integrantes do programa de televisão.

Leia também: Em primeira entrevista internacional, Carille nega possibilidade de deixar o Corinthians

Sobre o início à frente do Corinthians, atual campeão paulista e líder invicto do Brasileirão, Carille foi franco: “Tenho me assustado com algumas coisas. Essa semana dei entrevista pra um veículo de comunicação da Inglaterra. Semana passada Itália, Portugal... Os números chamam atenção. Deixei claro que iria priorizar a parte defensiva. Começo de muitas dúvidas, o grupo comprou a ideia e tem um comportamento sem bola que tem nos ajudado muito”, concluiu.

Veja mais em: Fábio Carille, , Jadson e CT Joaquim Grava.

Veja Mais:

  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Corinthians empatou com o Vitória em 2 a 2 nesta rodada

    Concorrentes tropeçam, e Corinthians abre leve distância para Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ralf foi eleito craque da partida no entendimento dos torcedores do Corinthians

    Veteranos são eleitos 'craques' do Corinthians no Barradão; Avelar beira nota zero

    ver detalhes
  • Jadson foi autor do primeiro gol do Corinthians contra o Vitória, em Salvador

    Jadson reconhece situação desconfortável do Corinthians no Brasileiro e lamenta 'gols dados'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes