Sonhando com idolatria no Corinthians, Pedrinho evita falar em Europa e valoriza atual elenco

Sonhando com idolatria no Corinthians, Pedrinho evita falar em Europa e valoriza atual elenco

Por Meu Timão

Garoto quer fazer história no time que o revelou

Garoto quer fazer história no time que o revelou

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Xodó da Fiel, Pedrinho desponta como uma das principais revelações do Corinthians nos últimos anos. Habilidoso, o jogador cai nas graças da torcida a cada oportunidade que recebe. Com as boas atuações, o jogador de apenas 19 anos deve, em breve, atrair o interesse de times de fora do país. Mesmo com o sonho de um dia trilhar outros caminhos, o meia quer, primeiro, fazer história no Timão.

"Eu quero ganhar muitos títulos pelo Corinthians, quero poder um dia me tornar um ídolo para esse clube, e quero também um dia poder jogar na Seleção Brasileira. Sobre a Europa, bem, todo atleta sonha em poder um dia chegar lá, mas eu quero primeiro fazer a minha história dentro do Corinthians, ganhar vários títulos para só depois pensar em ir com a carreira já consolidada", disse o garoto, em entrevista ao Globoesporte.com.

"É importante manter a humildade, manter os pés no chão e ter sempre a certeza que as coisas vão acontecer na hora certa", completou.

Leia também:
Fagner fala sobre fazer história no Corinthians, revela papo com Léo Príncipe e manda recado à Fiel
Balbuena brinca com pai de primeira viagem no Corinthians e crava mudança: 'Correrá em dobro'
Pedrinho projeta mais dribles pelo Corinthians e revela ensinamentos de Carille

Além de ajudar dentro de campo, os atuais companheiros de Pedrinho também têm sido peça importante para moldar o maduro pensamento do camisa 38 alvinegro. Junto dos conselhos técnicos e táticos, os nomes mais experientes do plante de Carille dão dicas para a o seguimento da carreira do atleta.

"Antes, eu via esses jogadores na TV, o Jadson, o Cássio, Rodriguinho. O grupo é muito bom, é muito fechado. E eu sempre procuro escutar os mais velhos. O Jô, o Cássio, o Gabriel, eles sempre conversam com a gente, dizem que o futebol da gente tem potencial para fora. Falam que a gente pode conquistar o mundo, mas que é preciso ter calma, paciência, que na hora certa as coisas vão acontecer. No geral, tem muito incentivo, é um grupo que acredita", valorizou.

Outro nome importante para sua formação é, obviamente, Fábio Carille. Paciente com o garoto, o treinador dá oportunidades aos poucos para Pedrinho mostrar todo seu potencial. Dentro de campo, a orientação é fazer o simples. Foi justamente assim, sendo objetivo, que o meia chegou ao seu primeiro gol como profissional - com um toque nada simples, é bem verdade.

"Ele fala para eu fazer o simples, e quando tiver na frente fazer o que eu sei, mas para não desgastar tanto tentando mostrar, ele diz que todo mundo já conhece meu futebol e que só basta saber usá-lo na hora certa", contou.

"Fazer aquele gol foi muito especial. Fazer o primeiro gol como profissional e ainda mais do jeito que foi, por cima do goleiro, um gol que fazia tempo que não fazia. E fazer isso com um estádio lotado, com mais de 40 mil torcedores foi algo muito gratificante", concluiu.

Veja mais em: Pedrinho.

Veja Mais:

  • Pablo não tem permanência assegurada no Timão para a próxima temporada

    Fim da paciência: Corinthians dá ultimato e cobra resposta de empresário de Pablo

    ver detalhes
  • Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    ver detalhes
  • Ralf ergueu troféu do hexa do Brasileirão antes de deixar Corinthians

    Ralf diz que não jogaria em rival do Corinthians, explica saída e opina sobre Gabriel

    ver detalhes
  • Pré-temporada de 2018 teve início nesta semana para jogadores do Timão

    Corinthians se antecipa, e jogadores realizam exames cardiológicos para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes