Liberação de Marciel no Corinthians não deve alterar substituto de Arana em Chapecó

Liberação de Marciel no Corinthians não deve alterar substituto de Arana em Chapecó

32 mil visualizações 114 comentários Comunicar erro

Moisés, que deve ser titular contra a Chape, com Pedrinho durante treino no CT

Moisés, que deve ser titular contra a Chape, com Pedrinho durante treino no CT

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Assim que a reportagem do Meu Timão revelou a liberação de Marciel por parte dos médicos do Corinthians, boa parte da torcida pediu que o técnico Fábio Carille escalasse o camisa 22 na vaga de Guilherme Arana. O lateral sentiu um problema muscular, passará por exames nesta terça e já está fora do duelo com a Chapecoense, nesta quarta-feira, às 19h, em Chapecó.

Esse desejo, porém, não deve ser atendido. Pelo menos, não no início do duelo no interior de Santa Catarina. A tendência é que o treinador dê uma nova chance a Moisés, que foi o substituto de Arana em todos os últimos jogos, inclusive, no intervalo contra o Vitória.

Leia também:
Derrota é noticiada na Argentina como alento ao Racing: 'Nada é impossível'
Fazendo 'hora extra' nos treinos, Léo Santos ganha elogios de dirigente do Corinthians
Andrés Sanchez grava vídeo detonando Mancini após áudio contra Corinthians

Uma decisão que deve ser tomada diante de duas situações. A primeira - e principal -, está relacionada ao ritmo de jogo. Marciel não atua desde março, contra o Linense, ainda na primeira fase do Paulistão. O volante, que é canhoto, foi relacionado pela última vez em maio, na estréia do Timão no Brasileirão. Moisés, por sua vez, foi titular recentemente diante de Atlético-PR e Avaí.

O segundo motivo é a própria linha de trabalho de Carille, que costuma simplificar em suas decisões. Sai lateral, entra lateral. Não pode jogar volante? Entra volante. E assim por diante. Apesar de Marciel ter sido utilizado na lateral esquerda durante a temporada 2017, o jovem é volante de origem. Isso sem contar no tempo de inatividade do camisa 22, como dito acima.

Zaga com três opções reservas - Além do lateral-esquerdo, os dois zagueiros serão reservas diante da Chapecoense. Pablo (lesionado) e Balbuena (suspenso) não estarão à disposição de Carille em Chapecó. Pedro Henrique, que já vinha atuando na equipe titular, terá a companhia de Léo Santos, de 18 anos. Fagner será o único considerado titular na linha de quatro defensiva.

Veja mais em: Marciel, Moisés e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes