Após Corinthians autorizar transferência de Lucca, franceses recuam; atleta segue no aguardo

Após Corinthians autorizar transferência de Lucca, franceses recuam; atleta segue no aguardo

Por Meu Timão

Lucca ainda pode render dinheiro aos cofres do Corinthians

Lucca ainda pode render dinheiro aos cofres do Corinthians

Foto: Fábio Leoni/Ponte Press

Antes de sair de licença, para acompanhar eventos de sua empresa na Europa, o presidente Roberto de Andrade autorizou o empresário de Lucca, Fernando Garcia, a vendê-lo mediante a oferta igual ou superior a 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões). A transferência mais provável, porém, não deve acontecer mais.

De acordo com o UOL Esportes, o Nantes, da França, esfriou o interesse na contratação do atacante. A dois dias do fechamento da janela de transferências, a tendência é de que o jogador cumpra o acordo de empréstimo firmado no começo do ano entre Corinthians e Ponte Preta.

Leia também:
Zagueiro rival aponta 'futebol moderno' como fórmula de sucesso no Corinthians
'Queridinho' de Carille, setor defensivo do Corinthians se apresenta incógnita para 2018
Sem lucro com vendas, Corinthians estuda alternativas para pagar dívidas

A esperança de uma saída para o exterior, agora, está condicionada à confirmação do interesse de um clube árabe que surgiu no último final de semana. Os árabes demonstraram disposição em igualar a oferta dos franceses ao Corinthians, além de oferecer um salarial maior ao jogador, de 27 anos. Não há ainda oficialização da proposta.

Em caso de confirmação da transferência, o Timão terá direito a 60% do valor, ficando o Criciúma com 25% e o Cruzeiro com os outros 15% da negociação. Esse valor mínimo de 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões) foi uma imposição da diretoria nas últimas semanas, que rechaçou outras três ofertas francesas com cifras inferiores: 2 mi, 2,5 mi e 3,5 milhões de euros.

Após buscá-lo no Criciúma em 2015, por empréstimo, o Corinthians investiu R$ 4,5 milhões para contratá-lo em definitivo no ano seguinte. Lucca, que é vice-artilheiro do Brasileirão com dez gols - dois a menos do que Jô e Henrique Dourado -, tem contrato com o Timão até 31 de julho de 2019.

Veja mais em: Lucca e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Jô e Jadson voltaram a treinar no campo nesta quinta-feira

    Treino do Corinthians tem retornos, academia lotada e possível trote de despedida

    ver detalhes
  • Corinthians relembrou os dois títulos conquistados em 2017

    Nas redes sociais, Corinthians relembra dois títulos no ano e provoca antis

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes