A site argentino, Romero revela provocação de irmão e destaca organização do Corinthians

A site argentino, Romero revela provocação de irmão e destaca organização do Corinthians

Por Meu Timão

A expectativa é que Romero seja titular do Corinthians na noite desta quarta-feira

A expectativa é que Romero seja titular do Corinthians na noite desta quarta-feira

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Titular do Corinthians, Ángel Romero vive sua melhor temporada pelo clube. Muito desse bom rendimento se deve ao time organizado de Fábio Carille, elogiado pelo jogador em entrevista à imprensa argentina. De poucas palavras e sem falar com a mídia brasileira, o paraguaio quebrou o silêncio e conversou com os vizinhos sobre o duelo contra o Racing, nesta quarta-feira, às 21h45.

"Somos, antes de tudo, uma equipe organizada. Não começamos bem o ano e a imprensa não acreditava na gente, porque o clube contratou como técnico quem era auxiliar no ano passado. Jogamos um futebol muito tático e organizado, algo que no Brasil não estão muito acostumados. Fomos campeões do Campeonato Paulista e, ainda que tenhamos perdido a sequência de 34 jogos invicto, temos um grupo muito bom. Fazem três anos e meio que estou no clube, me sinto muito à vontade", explicou o atacante em entrevista ao portal Racing de Alma, especializado em cobrir o adversário argentino.

Ciente da capacidade de sua equipe, Ángel pregou tranquilidade em relação aos mandos de campo. Com a primeira partida disputada na Arena Corinthians, o Timão terá de resolver a classificação no estádio El Cilindro, muito conhecido pela enorme pressão. Uma experiência nesta edição da Sul-Americana, no entanto, serve como exemplo positivo de que isso pode não influenciar.

"Nossa primeira partida na Sul-Americana também foi assim, contra a Universidad do Chile. No primeiro jogo, em casa, ganhamos de 2 a 0. Na casa deles fizemos nosso papel e também ganhamos por 2 a 0. Vai ser a segunda vez que definimos fora. De agora em diante, a copa vai ser difícil, não importa onde joguemos. As equipes argentinas se caracterizam por deixar tudo em campo, além de serem muito aplicadas. Teremos que estar muito concentrados para que não marquem gols no Brasil", afirmou o paraguaio.

Leia também:
Carille analisa estilo de jogo do Racing e destaca importância de não ser vazado na Arena
Racing exalta a Arena Corinthians: 'Olha, olha e, depois de olhar, olha novamente'
Corinthians substitui Clayton em lista da Sul-Americana; jovem ganha chance

A entrevista de Romero ao portal que cobre o Racing tem explicação. Mesmo sem ter atuado na equipe albiceleste, o camisa 11 corinthiano tem uma ligação bem próxima com o clube. Isso, pois, seu irmão é ex-jogador do time argentino. Hoje no Alavés, da Espanha, o gêmeo Óscar Romero jogou na Argentina por duas temporadas. Mesmo assim, nada de informações privilegiadas ao atacante alvinegro.

"Já falei com Óscar, mas ele só me diz que vai ser difícil, não quer contar nada. Claro que é uma equipe totalmente diferente da que ele fez parte, mas se nega. O que me afirmou é que jogar lá (na Argentina) vai ser complicado. 'Vai ver o que é uma torcida de verdade', me provocou. Vai ser muito lindo e especial para mim jogar contra uma equipe que fez meu irmão tão feliz", disse.

"Quando meu irmão estava lá, eu via todas as partidas, mesmo se ele não jogasse. Sei que o Racing é muito forte e grande no país. Meu irmão sempre falou bem da instituição, era muito feliz jogando lá. Eles tem uma torcida maravilhosa, como toda equipe argentina. Vai ser um embate difícil. Brasil-Argentina é um clássico e será complicado", completou.

Veja mais em: Romero e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes