De visual novo, Marciel relembra período difícil e projeta afirmação no Corinthians

De visual novo, Marciel relembra período difícil e projeta afirmação no Corinthians

Por Meu Timão

Marciel apareceu com novo visual em treino do Corinthians nesta semana

Marciel apareceu com novo visual em treino do Corinthians nesta semana

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Um combinação de estresse e ansiedade tirou Marciel dos gramados por cinco meses. Diagnosticado com alopécia areata, que causa queda de cabelo, o jogador ficou apenas treinando no Corinthians pelo uso de alguns medicamentos para tratar o problema. De volta ao campo e confirmado entre os titulares do Timão contra o Racing, nesta quarta-feira, às 21h45, o jogador buscou alternativas para retomar o antigo visual e melhorar a auto estima.

"Ainda falta muito para controlar (a doença), vai demorar bastante para crescer o cabelo de vez. Então eu coloquei uma prótese para esconder os buracos, porque estava muito feio. Os torcedores não conseguiam ver os buracos, porque eu passava tinta para esconder, mas para evitar isso decidi botar a prótese, fica melhor assim. É estranho, mas as pessoas vão se acostumar, estou me sentindo melhor", disse o prata da casa, em entrevista ao Lance!.

Leia também:
Corinthians só tem três jogadores remanescentes de último jogo em solo argentino
Carille explica mudanças no Corinthians e pede 'jogo inteligente' por vaga
Técnico do Racing esboça equipe para duelo com Corinthians na Argentina

Sem atuar, um dos grandes desafios do meia foi se manter motivado. Nesse sentido, Carille teve trabalho e garantiu que as oportunidades viriam assim que possível para o jogador. Dito e feito. Na ausência de Arana, a chance, que já tinha sido dada a Moisés, agora é de Marciel. Prestes a estrear em um jogo oficial fora do país, o "ex-meia" não se sente pressionado e planeja ser decisivo - como foi no primeiro jogo.

"Não é fácil. Eu era um jogador que não recebia muita oportunidade e na hora me abalei um pouco mesmo. Mas decidi não baixar a cabeça, só fiz o que eu sempre fiz, treinando forte. Agora voltar e estar recebendo oportunidade foi ótimo", disse.

"Já estou há quatro anos no profissional do Corinthians, para mim já foi essa fase de ficar ansioso com pressão. Quero chegar, fazer um bom jogo e se Deus quiser sair com a vitória. Contra o Santos me comportei bem, fiz um bom jogo tirando o cansaço. A equipe foi bem e agora é concentrar para essa decisão. Como o jogo é fora de casa temos que nos preocupar com a defesa para não tomar gols, mas no contra-ataque é fazer o que eu sei, ir para dentro dos caras em todas as jogadas. E se Deus quiser pelo menos dar um passe para um gol, acertar um cruzamentinho de gol. Quem sabe", completou.

Confiante com oportunidades dadas por Carille, Marciel espera deixar os problemas para trás e se firmar no Corinthians. Após surgir como promessa do clube, o jogador já chegou a ser emprestado pelo Cruzeiro. Agora na lateral, pode acabar se firmando na posição em caso de uma negociação de Guilherme Arana.

"2017 ainda não acabou, espero que no decorrer do campeonato eu tenha bastante oportunidades e continue assim em 2018. Estou pronto", finalizou.

Veja mais em: Marciel e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Fiel vai 'invadir' a Arena Corinthians no próximo fim de semana

    Torcida do Corinthians reserva todos os ingressos para jogo da taça

    ver detalhes
  • Meia cumpriria função que Carille deseja no Corinthians

    Segundo portal, Andrés negocia possível ida de Gustavo Scarpa ao Corinthians; candidato nega

    ver detalhes
  • Titular, Zeca foi campeão olímpico pela Seleção Brasileira, em 2016

    Corinthians estuda oferta ao lateral Zeca, diz portal

    ver detalhes
  • Depois de quase deixar o Timão no início do ano, Rodriguinho não pensa em sair

    Rodriguinho 'esquece' Europa e evita pensar em Seleção: 'Outros estão na minha frente'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes