Goleiro que venceu o Corinthians vê oscilação com normalidade e aposta em título brasileiro

Goleiro que venceu o Corinthians vê oscilação com normalidade e aposta em título brasileiro

Por Meu Timão

Arqueiro pegou pênalti de Jô na Arena

Arqueiro pegou pênalti de Jô na Arena

Foto: Reprodução/TV

Com apenas cinco derrotas na temporada, o Corinthians tem uma lista pequena de algozes. Em todo o ano, apenas jogadores de Santo André, Ferroviária, Vitória, Atlético Goianiense e Santos podem dizer que bateram o atual líder do Brasileirão. Ex-goleiro do Santo André, Zé Carlos é um dos nomes desta lista e, para ele, a tendência é a lista aumentar. Apesar disso, o título deve ficar mesmo em Itaquera.

"Acho que os adversários estão esperando muito mais o Corinthians. Mesmo dentro de casa o Corinthians esperava muito e saia no contra-ataque. Tem uma equipe muito rápida para isso. Então, eu vejo que os adversários estão esperando mais. Mas essa oscilação também faz parte da competição. Era visível que eles não iriam ficar todos os jogos invictos e uma hora iriam perder dentro de casa. Agora deu uma oscilada, mas tenho certeza que isso é apenas uma baixa e lá na frente eles vão ser campeões do Campeonato Brasileiro", analisou o arqueiro, em entrevista ao Torcedores.com.

Leia também:
Saem as chuteiras, entra o pandeiro: conheça o Tamboréu, modalidade tradicional do Corinthians
Satisfeito com imposição do Corinthians, Fagner evita culpar Rodriguinho por eliminação
Fotógrafo registra vídeo sensacional no meio da torcida do Corinthians no estádio do Racing

Embora tenha mudado muito deste o Campeonato Paulista, quando perdeu para a ex-equipe de Zé Carlos, o jogador acredita saber como bater os comandados de Carille. Para ele, a receita é simples: esperar. Time que se notabilizou pelos contra-ataques, o Corinthians tem encontrado dificuldades na hora de propor.

“O segredo foi ter uma equipe bastante compacta e respeitar muito o adversário. A gente sabia que o Corinthians é muito forte dentro da Arena e iria nos atacar bastante. Então, a gente trabalhou parar conseguir fechar o time e deu certo. O Toninho Cecílio, nosso técnico na época, fazia muito bem essa parte de marcação. Nós achamos dois gols, chegamos muito pouco ao gol do Corinthians, mas a vez que fomos, conseguimos concluir e saímos com a vitória”, analisou.

Na vitória do Santo André, em plena Arena Corinthians, Zé Carlos teve influência direta no resultado. Graças a um pênalti de Jô defendido pelo arqueiro, o time do interior saiu de Itaquera com o 2 a 0 no placar.

Veja mais em: Campeonato Paulista e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes
  • Corinthians sabe da vontade do atacante e espera sinal do clube para avançar

    Corinthians aguarda sinal do Vitória para decidir situação de Tréllez até segunda-feira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes