Carille comenta mudanças diferentes e evita falar em novo titular no Corinthians

Carille comenta mudanças diferentes e evita falar em novo titular no Corinthians

Por Meu Timão

Carille valorizou Jadson e Marquinhos para pedir calma com Clayson entre os titulares

Carille valorizou Jadson e Marquinhos para pedir calma com Clayson entre os titulares

Foto: Reprodução/TV

Atrás no placar, Fábio Carille usou de suas substituições para lançar o Corinthians à frente diante do São Paulo. Com alterações diferentes das que costuma fazer durante a temporada, o treinador chegou a contar com cinco jogadores de ataque - Rodriguinho, Marquinhos Gabriel, Clayson, Romero e Jô. Embora tenha surtido efeito, o comandante alvinegro reconhece que não tinha treinado a equipe desta maneira.

"Hoje fiz algo que não tinha treinado, não gosto de fazer por não ter trabalhado, que foi o Romero por dentro ao lado do Jô. É um aprendizado para mim também, cada dia aprendendo mais. A gente voltou a ter muitos erros de passe, primeiro tempo foi demais, passivo, São Paulo ganhou moral, me incomodou bastante, jogou no nosso campo. No segundo tempo continuamos errando, mas nossa atitude foi diferente", comentou o treinador, em coletiva após o empate no Morumbi neste domingo.

Leia também:
Clayson sobre o gol contra o São Paulo no Morumbi: 'Foi o mais importante da minha carreira'
Arana vibra com ponto conquistado pelo Corinthians; Fagner destaca segundo tempo
Após gol do Corinthians, Gabriel extrapola em comemoração e provoca torcida do São Paulo

Autor do gol de empate, Clayson foi um dos nomes a deixar o banco de reservas para pressionar o São Paulo. Com a moral em alta, alguns torcedores já cogitam o nome do camisa 25 entre os titulares do time alvinegro. Fábio Carille, no entanto, pede calma e lembra trabalho de outros dois jogadores da posição.

"Para se construir uma vaga não é um jogo ou um gol. Sei da importância do Clayson, do potencial, como também sei do Jadson, do Marquinhos. Tudo o que planejamos para o jogo aconteceu, Jadson recebeu muitas bolas, mas não conseguiu dar sequência. Faltou um desempenho melhor, mas estão todos brigando, o dia a dia mostra, o jogo a jogo mostra", analisou o treinador.

Feliz com o primeiro gol pelo Corinthians, Clayson também evitou projetar a titularidade. Querendo ajudar, o atacante reconhece que ainda precisa mostrar mais para conquistar a vaga.

"Isso deixamos pro Carille, ele conhece muito bem o grupo que tem na mão. Temos que estar preparados para aproveitar a oportunidades. Vou continuar trabalhando forte, vou estar preparado para ajudar o Corinthians", analisou.

Embora se cogitem mudanças, antes da partida o clima era de otimismo justamente pela utilização do time considerado ideal por Carille. Foi apenas a quinta vez que Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo, Arana, Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho, Romero e Jô começaram uma partida no Brasileirão.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Fábio Carille e Clayson.

Veja Mais:

  • Pablo já disse mais de uma vez que quer permanecer no Corinthians

    Corinthians sobe oferta e espera sim de Pablo: 'Espero que seja suficiente'

    ver detalhes
  • Alvo do Corinthians, Roger deve ser oficializado como reforço do Internacional nos próximos dias

    Decisão de Roger não é repudiada pela diretoria do Corinthians: ‘Faz parte...’

    ver detalhes
  • Ginásio Wlamir Marques recebeu jogo 4 da final do NBB em 2017

    Corinthians faz pré-inscrição na Liga Ouro e reativa basquete após 21 anos

    ver detalhes
  • 32 mil torcedores foram ao estádio em Itaquera no último treino aberto

    Por agradecimento à Fiel, Corinthians deve abrir treino no sábado na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes