Após gol do Corinthians, Gabriel extrapola em comemoração e provoca torcida do São Paulo

Após gol do Corinthians, Gabriel extrapola em comemoração e provoca torcida do São Paulo

Por Meu Timão

Gabriel passou do ponto em comemoração de gol do Corinthians

Gabriel passou do ponto em comemoração de gol do Corinthians

Foto: Reprodução/TV

Com a imposição de torcida única em clássicos paulistas, o Majestoso deste domingo contou com Morumbi lotado de são paulinos. Por conta disso, os jogadores do Corinthians não tiveram com quem comemorar o gol de empate marcado por Clayson. Depois de reunião geral da todos os corinthianos, alguns atletas do banco de reservas alvinegro aproveitaram o momento para provocar os torcedores do time adversário.

Entre os nomes que não se seguraram na comemoração, Gabriel chamou atenção. O volante, substituído por Clayson, autor do gol, fez gesto obsceno e provocativo olhando diretamente para a torcida do São Paulo. Com 50 mil torcedores adversários, a atitude poderia, obviamente, gerar atos violentos no Morumbi.

Leia também:
Na raça! Clayson decide, Corinthians empata no Morumbi e mantém invencibilidade contra rival
Corinthians é recebido com hostilidade e tem vidro de ônibus quebrado no Morumbi

Além do camisa 5, outro que mandou recado para os rivais foi Fellipe Bastos. O jogador parece ter apontado para si e para o gramado, mostrando algo como "o Corinthians está aqui" - gesto parecido com o que o astro português Cristiano Ronaldo costuma fazer.

Fellipe Bastos também provocou a torcida são paulina.

Fellipe Bastos também provocou a torcida são paulina

Reprodução/TV

Quem também se exaltou na comemoração foi o próprio Clayson. Após balançar as redes pela primeira vez com a camisa do Corinthians, o atacante vibrou muito, tirou a camisa e acabou advertido com um cartão amarelo.

Pode isso? - Pelo gesto, Gabriel corre o risco de ir a julgamento pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva. A atitude pode ser enquadrada no artigo 258-A, que classifica casos de "provocação ao público" e prevê pena de duas a seis partidas.

Veja mais em: Gabriel e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes
  • Corinthians sabe da vontade do atacante e espera sinal do clube para avançar

    Corinthians aguarda sinal do Vitória para decidir situação de Tréllez até segunda-feira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes