Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

Por Meu Timão

A possibilidade ser suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da provocação que fez à torcida do São Paulo neste domingo, logo após o gol de empate do Corinthians no Majestoso, motivou Gabriel a pedir desculpas.

Por volta das 17h deste domingo, as redes sociais do Corinthians divulgaram um vídeo gravado pelo jogador. Nele, o volante se diz arrependido pelo gesto obsceno e diz que tal atitude não faz parte do seu caráter.

“Fala galera, beleza? Aqui é o Gabriel. Venho aqui através desse vídeo pedir desculpas pelo acontecido na partida hoje contra o São Paulo. Acredito que foi um momento de euforia onde isso não faz parte do meu caráter, da minha índole, e novamente eu peço desculpas a todos os presentes no estádio, familiares, crianças que estavam assistindo o jogo. Um abraço a todos”, disse Gabriel.

Leia também:
Procuradoria diz que fará denúncia, e Gabriel deve ser julgado no STJD
Gabriel pede desculpas à torcida do São Paulo; Carille diz que chamará atenção do volante

O episódio ocorreu logo depois do gol de Clayson. Ao celebrar o tento junto dos reservas, Gabriel, que havia sido substituído momentos antes, se voltou à torcida do São Paulo e segurou o órgão genital. Ele chegou a pedir desculpas também na zona mista do estádio.

A tendência é o meio-campista ser denunciado pela procuradoria do STJD e ser levado a julgamento, podendo pegar suspensão de um a seis jogos do Campeonato Brasileiro.

Confira o vídeo gravado por Gabriel

Veja mais em: Gabriel e Majestoso.

Veja Mais:

  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes
  • Corinthians sabe da vontade do atacante e espera sinal do clube para avançar

    Corinthians aguarda sinal do Vitória para decidir situação de Tréllez até segunda-feira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes