Inspirado em Clayson, Corinthians tem três estratégias de contratação para 2018

Inspirado em Clayson, Corinthians tem três estratégias de contratação para 2018

Por Meu Timão

40 mil visualizações 148 comentários Comunicar erro

Clayson já é visto como aposta acertada do Corinthians

Clayson já é visto como aposta acertada do Corinthians

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians já está se planejando para a temporada de 2018 e isso não é mais segredo para ninguém. Mais especificamente, conforme demonstrado em reportagem desta sexta-feira do portal Globoesporte.com, a diretoria já tem três estratégias definidas para contratações.

O ponto central e comum em todos os planos é o seguinte: gastar pouco! A situação financeira do clube está longe da zona de conforto. Assim, a comissão técnica já está avisada de que negócios mirabolantes não devem acontecer. Em outras palavras: nada de medalhões.

#1 - Apostas baratas

Inspirada em nomes como Luidy e principalmente Clayson, a diretoria já está com o radar ligado em busca de jogadores jovens, em clubes de segundo ou terceiro escalão, que chegariam ao Corinthians como aposta - e assim não custariam muito caro.

No caso de Clayson, que já é visto como candidato à titularidade na equipe de Fábio Carille, o Corinthians pagou R$ 3,5 milhões para tirar da Ponte Preta o jogador eleito revelação da última edição do Campeonato Paulista. Luidy, ex-CRB, chegou por R$ 1,2 milhão, mas ainda não vingou com a camisa alvinegra - está emprestado ao Figueirense até dezembro.

#2 - Fim de contrato

Outro perfil monitorado pelo Corinthians para a próxima janela de transferências é o de jogadores experientes cujos contratos estejam prestes a expirar. De tal forma, bastaria à diretoria negociar salários e o pagamento de luvas para assim contratar tais peças.

Jogadores como Júnior Dutra, do Avaí, e Roger, do Botafogo, são os exemplos mais claros desta estratégia corinthiana. Ambos foram sondados pelo Timão nas últimas semanas.

#3 - Vai uma troca aí?

Uma terceira saída encontrada pelo Corinthians para tentar contratar jogadores é a possibilidade de usar atletas do atual plantel como moedas de troca. Essa é vista como a única chance real de acertar com nomes mais valorizados no mercado da bola.

O caso mais palpável atualmente neste cenário é o de Zé Rafael. O meia do Bahia deve ser um dos nomes mais concorridos na próxima janela, haja vista já despertar interesse de Corinthians, Santos e Cruzeiro. O Timão vê como trunfo a possibilidade de envolver o lateral-esquerdo Moisés e o atacante Mendoza no negócio, abatendo assim parte do valor que terá de ser desembolsado para pagar a multa rescisória do jogador.

Veja mais em: Mercado da bola, Diretoria do Corinthians e Clayson.

Veja Mais:

  • Carille mudou o time do Corinthians para o Dérbi

    Sem centroavante, Carille confirma escalação do Corinthians com três mudanças para Dérbi

    ver detalhes
  • Juninho Capixaba não será titular contra o Palmeiras neste sábado, na Arena

    Decisão de preservar Juninho foi tomada após conversa olho no olho de Carille com o jogador

    ver detalhes
  • Matheus Matias está liberado para atuar, mas não será inscrito no Paulistão

    Sem Matheus, Corinthians confirma os dois últimos inscritos no Paulistão; jovem aparece no BID

    ver detalhes
  • Juninho Capixaba será opção para Carille no banco de reservas

    Com Capixaba, Corinthians relaciona 23 jogadores para o Dérbi

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes