De virada, Corinthians/Guarulhos vence Minas e conquista primeira vitória na Superliga

De virada, Corinthians/Guarulhos vence Minas e conquista primeira vitória na Superliga

Corinthians/Guarulhos disputou a segunda rodada da Superliga de Vôlei neste domingo

Corinthians/Guarulhos disputou a segunda rodada da Superliga de Vôlei neste domingo

Foto: Nícolas Ornellas / Corinthians/Guarulhos

O Corinthians/Guarulhos enfrentou, na tarde deste domingo, mais um desafio pela edição 2017/2018 da Superliga Masculina de Vôlei. De volta ao Ginásio da Ponte Grande, após a estreia com derrota no Parque São Jorge, o time alvinegro bateu o Minas Tênis Clube por 3 sets a 2 (parciais de 18/25, 25/21, 18/25, 25/19 e 17/15 ). A partida foi válida pela segunda rodada da primeira fase da competição nacional.

O primeiro set do confronto começou equilibrado, com uma disputa ponto a ponto. Os mineiros começaram pontuando, em uma recepção de saque, e o Corinthians/Guarulhos conseguiu revidar com um contra-ataque. A partida seguiu empatada até o oitavo ponto de ambas as equipes, contando com poucos erros de saque. O Timão acabou perdendo a chance de sair na frente com erros na finalização e viu o Minas abrir dois pontos de diferença. O bloqueio triplo guarulhense acabou sendo vazado, mas recompensou na sequência.

A equipe alvinegra tentou avançar, mas foi parada pelos rivais, que abriram uma parcial em 16 a 12. Corinthians passou a arriscar mais com os centrais acionados, forçando oportunidades de ataque. Contudo, não surtiram efeito. Serginho concertou bola importante e diminuiu a vantagem adversária, mas foi acompanhado por erro de saque. O Minas acabou abrindo uma vantagem de sete pontos e fechou a parcial por 25 a 18.

Leia também:
Com lance duvidoso, Sub-17 do Corinthians empata no primeiro jogo das quartas do Paulista
Mesmo prejudicado pela arbitragem, Corinthians conquista título inédito da Libertadores Feminina

Corinthians voltou forte em busca do empate e abriu o set com um placar de 2 a 1. A equipe da casa seguiu avançando, contando com um erro de dois toques do adversário. Minas conseguiu diminuir com uma recepção do líbero Rogerinho, que foi sequenciada por um ponto de contra-ataque. Contudo, Rivaldo respondeu em cima do bloqueio. O adversário esboçou uma resposta, mas foi parado por jogadas mais arriscadas do Timão, convertidas em um placar de 9 a 7.

Os times passaram a errar mais saque no segundo set e o Corinthians/Guarulhos compensou com lances pelas pontas. Rivaldo apareceu bem mais uma vez e ampliou a diferença alvinegra. A vantagem do time da casa dobrou com um ponto de Riad, chegando a 14 a 7. Os mineiros passaram a forçar campanhas de ataque sobre os corinthianos e a diferença caiu para dois pontos, mas não evitam a vitória alvinegra no set.

Com o resultado igualado, o terceiro set foi acirrada. O Minas acabou saindo na frente, contando com um erro de recepção do Corinthians, e abriu uma diferença de 4 a 1. O técnico Alexandre Stanzioni, então, pediu tempo para a arbitragem. A estratégia surtiu efeito e os donos da casa conseguiram encostar no placar. Luizinho esquentou a partida com uma pancada de contra-ataque na quadra do adversário.

A parcial chegou a 12 a 8 para os mineiros, e o Timão passou a arriscar mais no saque. Contudo, o plano foi seguido por dois erros: uma bola fora e outra na rede. O time guarulhense teve dificuldades na distribuição e não viu os ataques surtirem efeito. Com isso, o Minas voltou a avançar e abriu uma diferença de nove pontos. Já no final do set, a vantagem se concretizou com os visitantes saindo na frente no resultado geral.

Leia também: Sem jogo do Corinthians, domingo tem encontro importante na briga pelo título; veja jogos e tabela

Precisando da vitória para forçar o tie-break, os donos da casa voltaram mais incisivos. Contudo, o Minas continuou superior em quadra e abriu uma parcial de 6 a 3 logo no início do set. A distância diminuiu um erro de saque do mineiro Marlon e um lance de contra-ataque de Luizinho, que incendiou o Ginásio em Guarulhos após um rally de 20 segundos. O Timão passou a reagir e conseguiu empatar em 11 a 11 com um ponto de bloqueio de Riad, após um saque bem sucedido de Mineiro.

A resposta guarulhense foi revertida com um avanço do Minas. Rivaldo conseguiu diminuir com um belo ponto de contra-ataque, mas o placar seguiu negativo em dois pontos para o Timão. Com uma bola na rede, os corinthianos voltaram a equilibrar a disputa e o empate em 16 a 16 veio com um saque para fora do rival. Já no final do quarto set, o Corinthians saiu na frente. Os corinthianos mantiverem a vantagem e empataram o resultado final.

Tentando a primeira vitória na Superliga, o Timão levou a decisão para o tie-break. Mineiro foi protagonista e marcou o primeiro ponto corinthiano, mas o Minas conseguiu revidar. A equipe guarulhense saiu na frente por 3 a 2 com um ataque fora do rival. Os donos da casa seguiram avançando, em uma partida decidida ponto a ponto. Após diversas trocas de match point, com um ponto eletrizante de Mineiro.

O resultado deu ao Corinthians seu primeiro ponto na tabela de classificação. A equipe volta a disputa da competição nacional no próximo dia 29, domingo, às 13h (de Brasília), quando visita o Sesc-RJ pela terceira rodada do torneio. A partida será realizada no Ginásio da Hebraica, Rio de Janeiro.

Veja mais em: Vôlei do Corinthians.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes