Ídolo do Corinthians, Rivellino recorda volta para casa a pé após perder título no Morumbi

2.2 mil visualizações 45 comentários

Por Meu Timão

Rivellino, hoje com 71 anos, defendeu o Corinthians de 1965 a 1974

Rivellino, hoje com 71 anos, defendeu o Corinthians de 1965 a 1974

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Um dos grandes ídolos da história do Corinthians, Roberto Rivellino guarda muito bem na memória um episódio no mínimo curioso sobre sua passagem pelo clube do Parque São Jorge: o dia em que voltou a pé do estádio do Morumbi até sua casa.

Rivellino viveu, em 1974, a última oportunidade de levantar uma taça pelo Corinthians. Na ocasião, perdeu a final do Paulistão para o Palmeiras, no Morumbi. Depois do jogo, deixou o estádio a pé rumo à residência - ele morava na própria zona sul paulistana, mas na época o bairro onde ficava o estádio do São Paulo era considerado bastante afastado na cidade.

"Fui para lá moleque. Fui recebido de uma maneira tão carinhosa, sabe? Mas nós perdemos o título e eu fui a pé para casa", recordou, em entrevista concedida ao portal Uol.

"Estava decepcionado, porra...Pensando na vida. Puta, mas não é possível. Por que você aí já começa: quando eu vou ter uma outra oportunidade assim de novo?", completou.

Poucos dias se passaram até que Rivellino deixasse o Corinthians em meio a um turbilhão de criticas principalmente oriundas da imprensa da época. O jogador acabou deixando o Parque São Jorge pela porta dos fundos e acertou transferência ao Fluminense após defender o Timão por dez anos ininterruptos.

"O Corinthians me deu tudo. Hoje vocês (jornalistas) estão sentados aqui e foi o Corinthians que me propiciou essas oportunidades. Eu amo o Corinthians", ressaltou.

Muito ídolo!

Rivellino, "o homem que voltou a pé para casa após perder um título pelo Corinthians", é um dos poucos ídolos alvinegros que podem se gabar de possuir um busto no Parque São Jorge. E o Reizinho do Parque, como não poderia deixar de fazer, justamente de gabou:

"Só se jogarem uma bomba ou terminarem com o Corinthians vão arrancar meu busto de lá. E se você analisar: quantos bustos têm? Parece que são quatro ou cinco. Porra, desde 1910, a fundação do Corinthians. Veja quanto anos... São mais de cem anos e quantos têm esse privilégio?", indagou.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians, Ex-jogadores do Corinthians e Jogos Históricos.

Veja Mais:

  • Renato Augusto fez uma pintura contra o Grêmio

    Renato Augusto faz golaço, Corinthians busca o empate e deixa Grêmio mais perto da Série B

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo definem o campeão paulista na próxima quarta-feira

    Saiba como garantir ingressos para a final entre Corinthians e São Paulo no Paulistão Feminino

    ver detalhes
  • Willian foi eleito o melhor em campo pela Fiel

    Meia 'se salva' em tarde ruim do Corinthians e é o melhor da partida; Sylvinho volta a ser o pior

    ver detalhes
  • Róger Guedes durante o empate com o Grêmio, que garantiu a vaga direta na Libetadores 2022

    Corinthians garante vaga na fase de grupos da Libertadores mesmo com empate; veja tabela

    ver detalhes
  • Renato Augusto marcou o gol de empate do Corinthians e foi um dos poucos  que "se salvou"  na opinião da Fiel

    Substituições inesperadas e críticas a Sylvinho marcam empate entre Corinthians e Grêmio

    ver detalhes
  • Sylvinho deu suas impressões sobre o empate contra o Grêmio

    Sylvinho fala em jogo difícil e explica substituições no empate contra o Grêmio

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x