Fagner diz não ter assistido a jogo de rival: 'Me preocupo com o Corinthians'

1.7 mil visualizações 64 comentários

Fagner foi contundente ao responder perguntas sobre momento do Corinthians

Fagner foi contundente ao responder perguntas sobre momento do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Apesar de o Corinthians ter entrado em campo no último domingo, parte da torcida alvinegra dedicou tempo a outra partida do Campeonato Brasileiro na segunda-feira à noite: Palmeiras x Cruzeiro, pois o rival alviverde poderia diminuir para três a vantagem do Timão na liderança da Série A. No CT Joaquim Grava, porém, o duelo parece não ter chamado atenção.

Escolhido para conversar com a imprensa após a reapresentação do Corinthians nesta terça-feira, o lateral-direito Fagner revelou não ter acompanhado o embate pela televisão. O elenco corinthiano, de acordo com o camisa 23, deve se preocupar apenas com si.

“Ontem eu não vi o jogo, estava jogando videogame com meu filho. Temos de nos preocupar com o nosso trabalho”, afirmou Fagner.

O tom firme adotado por Fagner ao longo do bate-papo com os jornalistas tem explicação. O Corinthians, embora primeiro colocado do campeonato, não vence há quatro rodadas e viu seu arquirrival somar pontos nas últimas partidas. Às vésperas de novo Dérbi, a diferença entre líder e vice-líder é de cinco pontos.

“Eu não sei sobre o momento do Palmeiras, estou me preocupando com o Corinthians. Nesta semana que a comissão está avaliando o que o Palmeiras tem para a gente neutralizar e fazer um grande jogo”, acrescentou o jogador, que descarta que a queda de produção do Timão esteja relacionada ao enfraquecimento do poder de reação alvinegro.

“Não vejo que falta poder de reação, até porque no jogo da Ponte a gente criou muito, mas Aranha fez grandes defesas e evitou o empate. Vejo como uma equipe que sofreu gol e foi em busca da vitória. Mas no futebol tem dias que você tenta, tenta e a bola não entra”.

Ainda sobre o clássico de domingo, Fagner não escondeu a pressão em torno do clube paulista, mas frisou que a equipe é capaz de superar a má fase e confirmar o título de campeão brasileiro de 2017.

“O mais importante para nós é a vitória. Sabemos da importância do jogo, que é um clássico, mas vamos nos preparar bem para buscar esses três pontos”, avisou. “No Corinthians, a gente sabe que vive pressão constantemente. Você é pressionado por resultado e desempenho. Vamos nos preparar bem para domingo fazer um grande jogo”, finalizou.

Veja mais em: Fagner, Campeonato Brasileiro e Dérbi.

Veja Mais:

  • Renato Augusto fez uma pintura contra o Grêmio

    Renato Augusto faz golaço, Corinthians busca o empate e deixa Grêmio mais perto da Série B

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo definem o campeão paulista na próxima quarta-feira

    Saiba como garantir ingressos para a final entre Corinthians e São Paulo no Paulistão Feminino

    ver detalhes
  • Willian foi eleito o melhor em campo pela Fiel

    Meia 'se salva' em tarde ruim do Corinthians e é o melhor da partida; Sylvinho volta a ser o pior

    ver detalhes
  • Róger Guedes durante o empate com o Grêmio, que garantiu a vaga direta na Libetadores 2022

    Corinthians garante vaga na fase de grupos da Libertadores mesmo com empate; veja tabela

    ver detalhes
  • Renato Augusto marcou o gol de empate do Corinthians e foi um dos poucos  que "se salvou"  na opinião da Fiel

    Substituições inesperadas e críticas a Sylvinho marcam empate entre Corinthians e Grêmio

    ver detalhes
  • Sylvinho deu suas impressões sobre o empate contra o Grêmio

    Sylvinho fala em jogo difícil e explica substituições no empate contra o Grêmio

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x