Fundamental, loucura, novo gás... jogadores do Corinthians falam do impacto do treino no Dérbi

4.2 mil visualizações 39 comentários

32 mil torcedores foram ao estádio em Itaquera antes do Dérbi

32 mil torcedores foram ao estádio em Itaquera antes do Dérbi

Danilo Augusto / Meu Timão

Mais de 32 mil torcedores estiveram na Arena Corinthians para apoiar a equipe no último treino antes do Dérbi, realizado na manhã de sábado. Após a vitória sobre o Palmeiras, por 3 a 2, o técnico Fábio Carille e os jogadores falaram sobre o impacto que o treino teve na postura de todos para o clássico, que também registrou o recorde de presentes do estádio.

O primeiro a falar foi o treinador alvinegro. Carille confessou que a presença de tanta gente na atividade da véspera deu uma motivação a mais para o elenco.

"A torcida é impressionante o tempo todo. Deu um gás a mais, sim. Lotaram o treino, cantaram o tempo todo. Hoje elas se misturaram ali, todas unidas. Isso é Corinthians. Temos de agradecer pelo que a torcida tem feito o ano todo. Os mais velhos me ajudam a aconselhar os mais novos que quando não tem vitórias há críticas, que as coisas são grandes aqui. Mas só tenho a agradecer independentemente do que vai acontecer", afirmou.

Leia também:
Veja a selfie tirada por Romero em campo no clássico entre Corinthians e Palmeiras
Felipe Melo arremessa objeto em Clayson; corinthiano responde em entrevista
Mosaico do Dérbi lembra bicampeonato mundial do Corinthians e faz Arena 'explodir'

O zagueiro Pablo, com passagens por vários clubes brasileiros e Europa, confessou que não havia vivido nada parecido em sua carreira.

"Acho que (o impacto) foi muito grande mesmo. Eu, particularmente, nunca tinha vivido nem algo próximo assim. Foi uma coisa de louco mesmo, a torcida do Corinthians é diferente de todas. Colocar 32 mil num treinamento? É pra falar mesmo: é diferente. É bom saber que o torcedor está do nosso lado, foi um gás a mais", confessou.

O volante Gabriel, que veio do Palmeiras para defender o Corinthians, foi o outro que demonstrou gratidão pela ajuda dos torcedores na véspera do Dérbi.

"Diferenciado. Um clube que coloca 32 mil no treino é anormal, eles estão de parabéns mesmo. Nos arrepiou até antes do jogo, foi um diferencial para nós. E demos a resposta, ao entrar não apenas de corpo, mas também de alma", avisou.

Para o lateral-esquerdo Guilherme Arana, esse apoio vai mais além e faz com que o adversário se sinta intimidado nos jogos da Arena Corinthians.

"A gente sabe que, para os adversários, jogar aqui dentro da nossa casa é complicado. Ontem (sábado) foi fundamental aquilo no treino, a gente agradece, foi uma festa muito bonita", agradeceu.

Por fim, mesmo criado no Parque São Jorge, o atacante confessou estar impactado com os quase 80 mil torcedores que acompanharam o elenco em apenas dois dias.

"Acho que a torcida foi maravilhosa. Ela quem deu o pontapé inicial, que foi empurrar desde o treino de ontem. 32 mil pessoas, nunca vi isso na minha vida. Veio apoiar hoje e o time correspondeu. Essa horas a gente tem que se apegar as pessoas que realmente gostam da gente, nos apoia no dia-a-dia. Respeitar quem critica, mas nos focar no nosso trabalho. Fizemos uma bela partida", lembrou.

Veja mais em: Arena Corinthians, Dérbi e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Coorinthians venceu a Inter de Limeira no jogo-treino deste domingo

    Corinthians vence Inter de Limeira em jogo-treino com gol de jovem da base

    ver detalhes
  • Cacau deve ter sua saída do Corinthians anunciada em breve

    Corinthians e Cacau não chegam a acordo e atacante não fica no clube

    ver detalhes
  • Diego \costa se despediu do Atlético-MG neste domingo

    Na mira do Corinthians, Diego Costa confirma saída e se despede do Atlético-MG

    ver detalhes
  • Mantuan tem ganhado espaço no ataque do Corinthians

    Quem você quer ver como atacante de referência do Corinthians? Vote em enquete do Meu Timão

    ver detalhes
  • A colombiana Liana Salazar é a terceira estrangeira a defender o Corinthians

    Liana Salazar é a terceira estrangeira da história do Corinthians; relembre trajetória de cada uma

    ver detalhes
  • Róger Guedes, com 25 anos, foi o mais experiente de ambos os trios

    Ataques testados pelo Corinthians em treino seriam os mais jovens da Série A

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x