Balbuena ignora 'mimimi' palmeirense e mantém alerta ao Corinthians: 'Não ganhamos nada'

3.6 mil visualizações 48 comentários

Por Meu Timão

Balbuena marcou um dos gols da vitória do Corinthians sobre o Palmeiras

Balbuena marcou um dos gols da vitória do Corinthians sobre o Palmeiras

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ainda é Dérbi no CT Joaquim Grava. Ao menos no que diz respeito à repercussão da vitória do Corinthians por 3 a 2 sobre o Palmeiras, no domingo, na Arena, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva concedida no fim da manhã desta segunda-feira, o zagueiro Balbuena falou sobre a importância do resultado obtido no clássico da rodada.

"Ganhar clássico sempre traz confiança, independente da situação que o time esteja. O resultado de ontem e todo o ambiente de durante e depois do jogo foi muito lindo. Para nós, é importante sentir o carinho e apoio incondicional da torcida. É fazer nosso trabalho para tentar chegar ao título", declarou o zagueiro, se referindo à linda festa da Fiel nas arquibancadas.

Confiança alta, vale destacar, não significa soberba. Longe disso, não é mesmo, Balbuena?

Leia também:
Cássio é baixa, jovem se machuca... Corinthians se reapresenta após vitória no Dérbi
Probabilidades: Corinthians dispara rumo ao hepta; Palmeiras despenca após Dérbi

"Cada jogo é difícil, é diferente. Nossa atitude tem de ser a mesma. Dependemos só de nós, temos de fazer isso, respeitar cada um dos times que vamos enfrentar. O torneio é longo, o sacrifício é grande. Temos tudo para fazer isso acontecer", declarou, se referindo já ao jogo desta quarta-feira, contra o Atlético-PR, em Curitiba, pela 33ª rodada do Brasileirão.

"Estamos focados no jogo de quarta, não ganhamos nada, tem muitos pontos em disputa, não podemos nos acomodar e achar que está ganho. Estamos com a cabeça no Atlético-PR para buscar nosso objetivo (...) A meta sempre foi a mesma, ser campeão. Hoje o Santos é segundo, mas tem outros times que não estão tão longe. Temos de seguir vencendo os jogos", acrescentou.

E mais do que os seis próximos (e últimos) adversários do Corinthians na reta final do campeonato, a equipe alvinegra parece ter se enfrentar ainda um outro obstáculo: o "mimimi" dos "antis" diante das vitórias do Timão. Está sendo assim desde o apito final do Dérbi, quando palmeirenses iniciaram o choro por conta de supostos erros de arbitragem.

"Não vi as reclamações, depois do jogo fui jantar com a família. Árbitro não influenciou no resultado, fomos merecedores da vitória, mais efetivos", sintetizou o camisa 4 do Timão.

Em tempo: com a vitória sobre o Palmeiras, o Corinthians abriu seis pontos de vantagem para o Santos, novo vice-líder. Restam ainda mais seis rodadas para o término do Brasileirão e, portanto, 18 pontos em disputa.

Veja mais em: Balbuena, Campeonato Brasileiro e Dérbi.

Veja Mais:

  • Otero durante treino deste sábado no CT Joaquim Grava

    Corinthians perde uma posição com fim da 23ª rodada, mas mantém distância do Z4; veja tabela

    ver detalhes
  • Elenco treinou na manhã desta segunda-feira

    Corinthians fez último treino antes de embarcar para Fortaleza; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Cássio poderá enfrentar o Fortaleza nesta quarta

    Cássio recebe pena mínima e está liberado para reforçar o Corinthians contra o Fortaleza na quarta

    ver detalhes
  • Timãozinho goleou no encerramento da primeira fase no Paulista Sub-20

    Corinthians encerra primeira fase do Paulista Sub-20 com goleada diante do União Mogi

    ver detalhes
  • Corinthians decide Brasileirão Feminino nesta semana

    Agenda do Corinthians na semana tem duelo fora de casa, final no feminino e mais; veja

    ver detalhes
  • Kalil e Vilson devem deixar o futebol do Corinthians na nova gestão

    Trio deve deixar o comando de futebol do Corinthians na gestão de Duílio Monteiro Alves

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: