'Contra tudo e contra todos, de novo!', por Victor Farinelli

37 mil visualizações 56 comentários

Por Meu Timão

Com a força da torcida, Corinthians derrotou Palmeiras no último domingo

Com a força da torcida, Corinthians derrotou Palmeiras no último domingo

Meu Timão

Quem acompanhou este Campeonato Brasileiro e não é hipócrita sabe que o Corinthians foi claramente prejudicado em diversas partidas. Mesmo naquele brilhante primeiro turno, que fizemos 47 pontos, se não fossem os pontos perdidos pelos erros da arbitragem contra Coritiba e Flamengo teríamos feito 51 (e sem mandar fax pra Fifa dizendo que isso é título mundial).

Também fomos prejudicados num gol irregular do Vasco em São Januário (o mesmo braço que o Jô usou na volta), no gol impedido do São Paulo (os mesmos cinco centímetros do Romero no domingo) e no gol legítimo anulado contra o Santos em Itaquera, mas em vez de ficar chorando as pitangas como os rivais, o Corinthians foi lá e ganhou essas partidas, com erro contra e tudo -- como fizemos, aliás, no primeiro Derby deste ano, no Paulista. No segundo turno, mais erros contra nós, em partidas contra Cruzeiro, Atlético-GO e Botafogo.

Mas corinthiano que é corinthiano não coloca a culpa das suas derrotas na arbitragem, talvez a gente achasse isso coisa de colorado, mas santistas, palmeirenses e sãopaulinos sempre foram bons nesse quesito, só faltava o DVD.

Claro que esse tipo de reclamação revela também a enorme carga de hipocrisia que é ser anticorinthiano. Sempre foi assim, pros torcedores da elite paulista e brasileira, ver o time da favela perto de uma nova conquista é sempre um desgosto enorme, é preciso apelar a conspirações absurdas, como se a “Justiça”, que sempre favoreceu o bairro nobre fosse benevolente com a Zona Leste.

Tanto que o Corinthians não foi só prejudicado pela arbitragem neste Brasileirão: também perdemos TODAS nos tribunais. Tivemos o Gabriel suspenso como vingança tricolor pelo empate que eles não esperavam, sem contar os vários jogos com setores fechados na Arena Corinthians, porque o STJD proíbe festa da torcida nas arquibancadas, seguindo a linha imposta pela Globo -- a mesma que os rivais dizem ser corinthiana, mas que passou a semana passada torcendo escancaradamente por vitórias alviverdes tanto no Derby quanto na partida anterior, contra o Cruzeiro. E nem vou comentar o fato de que uma das principais patrocinadoras do futebol global é a mesma empresa que serve de mecenas pro clube da Barra Funda. Ainda tem mais um julgamento, e é bem provável que tirem o Jô do campeonato, para saciar a sanha dos rivais por vingança contra o atrevimento desses corinthianos favelados, que insistem em vencer os times da elite financeira.

O slogan dos rivais agora é velho, “campeonato manchado”. A melhor forma de reagir a essa ladainha é fazer o que a Fiel Torcida Corinthiana faz de melhor, como fez neste fim de semana épico: se unir!! CONTRA TUDO E CONTRA TODOS!! Sim, resgatando a consigna de 2011, quando também superamos a hipocrisia e a choradeira de todos os rivais, as arbitragens e os tribunais contra a gente. Eles que lavem suas manchas imaginárias lá no Rio Pinheiros, ou na Praia do Gonzaga.

É hora desta torcida se unir contra a choradeira dos rivais, e também pra pedir raça pro time, como fizemos naquele treino de sábado, provando mais uma vez que esta é a única torcida do Brasil que ganha jogo. A história do Corinthians mostra que com raça a gente supera tudo, até mesmo as injustiças no campo e fora dele, e é isso que nós exigimos dos jogadores nestas últimas seis partidas: raça durante os 90 minutos.

O corinthiano é como o trabalhador brasileiro, está acostumado a ser ofendido, humilhado, injustiçado, mas por ser corinthiano ele se une a outros 30 milhões de injustiçados, formando uma poderosa barreira popular que afoga qualquer ladainha dos time da elite brasileira.

VAMOS UNIR FORÇAS, FIEL!!
CONTRA TUDO E CONTRA TODOS!!

Vamos lotar todos os jogos, em Itaquera e em todo o Brasil. E comecemos invadindo a Arena da Baixada. Vamos mostrar que a paixão da Fiel Torcida é mais forte que choro de mau perdedor. Enfim, vamos mostrar que AQUI É CORINTHIANS!!

Victor Farinelli é jornalista, atualmente mora no Chile, mas não deixa de acompanhar o Corinthians. Recentemente esteve no Brasil para acompanhar o NECO que homenageava os 40 anos do título de 1977.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Gabriel Pereira ganhou a palavra e foi aplaudido por todo o elenco

    União por Luan, lembrança do último jogo e discurso de promessa: os bastidores da vitória do Timão

    ver detalhes
  • Último título do Corinthians foi em 2017

    Federação Paulista cancela Copinha de 2021 por conta da pandemia do coronavírus

    ver detalhes
  • Augusto Mello viu sócio rebater esclarecimento sobre áudios vazados

    Sócio citado em áudio contesta versão de Augusto Melo e mostra recibo por negócio com meia do Timão

    ver detalhes
  • Ex-diretor explicou alto número de contratações com caráter de aposta no Corinthians

    Ao Meu Timão, Duílio Monteiro explica planos para Arena, justifica contratações e defende o Sub-23

    ver detalhes
  • Mancini mudou o patamar do Corinthians desde que chegou ao clube

    Mancini supera vitórias de Tiago Nunes e Coelho somados no Brasileiro; compare aproveitamentos

    ver detalhes
  • Walter no duelo contra o Coritiba, pelo Brasileirão, no Couto Pereira

    Vagner Mancini diz que Cássio não está lesionado e que fez 'opção segura' por Walter

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: