Andrés insiste em valor dos naming rights da Arena Corinthians e ironiza Palmeiras

81 mil visualizações 217 comentários

Por Meu Timão

Andrés se lançou candidato à presidência do Timão

Andrés se lançou candidato à presidência do Timão

Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Ácido como de costume diante de jornalistas, Andrés Sanchez deu indícios de que pouca coisa mudou nos últimos anos em relação às negociações pelos naming rights da Arena Corinthians. Em entrevista concedida à ESPN Brasil poucas horas após se lançar candidato da situação à presidência do Timão para 2018, o cartola mostrou-se insistente e não abriu mão da já tradicional pedida conhecida pela Fiel: R$ 400 milhões.

Sem dar detalhes a respeito das negociações fracassadas no passado, das conversas existentes no presente e das estratégias que planeja adotar no futuro caso seja eleito presidente do Corinthians mais uma vez, Andrés Sanchez ironizou não apenas o repórter da ESPN Brasil como também o Palmeiras - o clube foi citado por conta dos naming rights de R$ 300 milhões firmados entre a construtora WTorre e a Allianz Seguros.

Vale lembrar que Andrés Sanchez promete "para os próximos dias" os naming rights da Arena Corinthians desde fevereiro de 2012. Com quase seis anos de atraso, portanto, o ex-presidente e atual candidato não mostrou-se incomodado com a inexistência de uma empresa interessada em pagar os tais R$ 400 milhões para estampar seu nome no estádio do Timão - a crise politico-financeira do país e a forma como parte da imprensa se refere à Arena seguem como principais justificativas da situação alvinegra para explicar o atraso.

Confira o diálogo de Andrés Sanchez com a ESPN Brasil, sobre os naming rights da Arena

(...)

ESPN - Mas (a Arena) vai ter nome?
Andrés - Não sei, se você pagar R$ 400 milhões pode ter um nome.

ESPN - Por que não tem nome ainda, então?
Andrés - Por que ninguém paga R$ 400 milhões.

ESPN - A primeira vez que você falou que o estádio teria um nome "nos próximos dias" foi em 2012 e...
Andrés - (interrompe)... Ninguém quis pagar R$ 400 milhões!

ESPN - Várias vezes você disse que estava próximo. O que aconteceu que não saiu?
Andrés - Ninguém quis pagar R$ 400 milhões!

ESPN - Você ainda tem esperança que vai sair?
Andrés - Um dia sai.

ESPN - Então, mesmo hoje você só fecha por R$ 400 milhões e...
Andrés - (interrompe)... Se você falar de novo, vai ser R$ 420 milhões.

ESPN - E se oferecerem menos que R$ 400 milhões?
Andrés - Se o cara pagar R$ 400 milhões, fechamos. Se não pagar, não.

ESPN - Você já chegou a dizer que tinham sete interessados e...
Andrés - (interrompe)... Eu não falei.

ESPN - Falou, sim. Em uma sabatina da Folha de São Paulo, no dia 6 de fevereiro de 2012, no shopping Pátio Higienópolis.
Andrés - (interrompe)... Falei há quatro, cinco anos atrás!

ESPN - E hoje, tem alguma empresa negociando?
Andrés - Hoje, quem está negociando é o Roberto.

ESPN - Hoje, então, você não participa de mais nada com relação ao estádio?
Andrés - Só quando o presidente pergunta.

ESPN - E você sendo presidente de novo, como trata a questão dos naming rights?
Andrés - Como?

ESPN - Se você vencer a eleição, como vai resolver os naming rights?
Andrés - Isso é problema da diretoria do Corinthians

ESPN - Se você vencer, você será da diretoria.
Andrés - Mas não vou te falar. Tenho a minha estratégia. Vocês vão saber lá na frente.

ESPN - A economia como está hoje atrapalha?
Andrés - Tudo atrapalha.

ESPN - O Palmeiras fechou bem antes de inaugurar.
Andrés - Eles são mais competentes que nós.

ESPN - Você acha isso?
Andrés - Acho. O Palmeiras é enorme de competente.

ESPN - O faturamento do Palmeiras, no ano passado, foi R$ 477 milhões.
Andrés - Parabéns ao Palmeiras.

ESPN - E o do Corinthians foi R$ 352 milhões. Enquanto o do São Paulo foi R$ 374 milhões, e o do Flamengo, R$ 379 milhões.
Andrés - Parabéns ao Palmeiras, parabéns ao São Paulo e parabéns ao Flamengo. Foram competentes.

ESPN - Por que o Corinthians teve apenas o quarto maior faturamento do futebol brasileiro, ficando atrás destes clubes?
Andrés - Nós já chegamos a ser o 15º.

ESPN - Ok, mas hoje é o quarto.
Andrés - Tá bom, e amanhã vai ser o segundo. E depois vai ser o primeiro, depois o quarto de novo. Cada um tem uma estratégia para os seus anos de clube.

ESPN - Lembro que, uma vez, em 2011, você disse que...
Andrés - (interrompe)... Você pega a renda da Arena que vai para o fundo e coloca no faturamento do Corinthians. É que para vocês (da imprensa) não interessa.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Naming Rights, Arena Corinthians e Presidentes.

Veja Mais:

  • Willian participou normalmente das atividades do Corinthians neste sábado

    Corinthians encerra preparação para o duelo contra Athletico-PR; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Roni retorna de suspensão para reforçar o Corinthians contra o Athletico-PR

    Corinthians divulga relacionados para a partida contra o Athletico-PR com retorno de volante

    ver detalhes
  • Guilherme Biro deu duas assistências e ajudou o Corinthians a se classificar em primeiro lugar para as quartas

    Corinthians vence a Ponte Preta e se classifica em primeiro lugar para as quartas do Paulista Sub-17

    ver detalhes
  • Adson no chão e Thiago Heleno, que causou as dores no meia-atacante, ao seu lado; jogo na Arena da Baixada foi no fim de agosto

    Sem muitas chances no Corinthians, Adson reencontra Thiago Heleno após lance que machucou seu joelho

    ver detalhes
  • Morte de Sócrates completa 10 anos em dezembro de 2021

    Corinthians planeja lançamento de camisa em homenagem a Sócrates

    ver detalhes
  • Cris Gambaré e Arthur Elias falaram sobre o planejamento do Corinthians para o de 2022

    Diretora não descarta Marta e Andressa Alves no Corinthians em 2022: 'Nada é impossível'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x