Hoje indiscutível, Jô foi bancado por Carille em meio a clamor por Drogba; relembre

Hoje indiscutível, Jô foi bancado por Carille em meio a clamor por Drogba; relembre

Por Meu Timão

16 mil visualizações 43 comentários Comunicar erro

Jô é um dos principais nomes da campanha do hepta do Corinthians

Jô é um dos principais nomes da campanha do hepta do Corinthians

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Se há um nome unânime no Corinthians atualmente, este é Jô. Com 25 gols na temporada, o centroavante, bancado pelo técnico Fábio Carille, é forte candidato ao prêmio de melhor jogador do Campeonato Brasileiro e pode ser tornar o primeiro artilheiro de uma edição da Série A vestindo a camisa do clube. Há cerca de dez meses, porém, o camisa 7 precisou lidar com contestações de parte da torcida e da imprensa, além da possibilidade de ver uma estrela do futebol internacional ofuscá-lo em seu retorno ao Parque São Jorge.

Jô assinou contrato com o Corinthians no fim de 2016, ano em que quase não atuou. Ele deixou o Jiangsu Suning, da China, em meados de julho e sequer encontrou novo clube, passando todo o segundo semestre sem entrar em campo – uma das razões pela qual a volta do atacante revelado no terrão corinthiano foi vista com receio por corinthianos.

Ao mesmo tempo, no início de 2017, a notícia de que o Corinthians negociava a contratação do marfinense Didier Drogba, ídolo esportivo de seu país e multicampeão pelo Chelsea, então com 38 anos, deixou a torcida em polvorosa. Poucos se lembravam de Jô, que assegurou estar focado na carreira e ter deixado antigos vícios extracampo para trás em sua coletiva de apresentação, no dia 3 de novembro, no CT Joaquim Grava.

À medida que os corinthianos repercutiam a chance de ter Drogba, Carille, já diante de sua primeira prova como técnico do Corinthians, tinha a convicção de que Jô seria essencial à equipe. Em entrevista exclusiva ao Meu Timão concedida no dia 13 de janeiro, colocou em xeque a chegada da estrela marfinense, o que lhe rendeu inúmeras críticas e até ofensas.

“(Drogba) É um jogador que a gente tem que analisar bem, como todos os jogadores, já está indo pra 39 anos. Sua grande virtude era a força, de arrastar os zagueiros, a gente sabe que perde com isso (a idade)”, afirmou Carille. “Não dá pra descartar um jogador por tudo que ele fez, mas é claro que a gente tem que ver o momento atual do atleta.

A declaração de Carille referente à possível contratação de Drogba soou mal para parte da Fiel. Aqui no Meu Timão, por exemplo, centenas de leitores questionaram a opinião do técnico que acabara de assumir o Corinthians. Poucos entenderam seu real objetivo: transmitir a confiança necessária para Jô brilhar ao longo de 2017.

Jô inclusive deu uma espécie de recado ao centroavante da Costa do Marfim em meio à pré-temporada do Timão. “A maior contratação é sempre o clube. O jogador é passageiro. Quem vem tem de valorizar o clube. Eu nunca havia passado por esse momento de ficar quatro meses sem clube. Valorizo muito o Corinthians. Quem vier terá de trabalhar, correr atrás. O Drogba é mundialmente conhecido, mas se vier vai ter de trabalhar igual a todos”, chegou a declarar o camisa 7.

Drogba, no fim das contas, não reforçou o Corinthians, e o elenco alvinegro termina o ano com os títulos do Campeonato Paulista e do Brasileirão com Jô na condição de protagonista, como Carille havia premeditado.

Números de Jô pelo Corinthians em 2017

Veja mais em: Drogba, , Fábio Carille, Heptacampeonato brasileiro e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Trio formado por Romero, Vital e Roger encara Botafogo logo mais, na Arena

    Corinthians recebe Botafogo na Arena na volta do Brasileirão pós-Copa

    ver detalhes
  • Matheus Vital (colete) será titular diante do Botafogo; Pedrinho é opção no banco

    Loss mexe e define Corinthians para retorno do Brasileirão; veja escalação

    ver detalhes
  • Jonathas (ao fundo) será opção entre os suplentes contra Botafogo

    Jonathas é relacionado e pode estrear pelo Corinthians diante do Botafogo; confira lista

    ver detalhes
  • Fagner voltará a vestir a camisa do Timão nesta quarta-feira

    Volta de Fagner ao Corinthians tranquiliza Loss, que não esconde medo de perdê-lo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes