Bola de Prata: Carille e Jô comentam valor de premiações individuais em temporada do hepta

3.0 mil visualizações 20 comentários

Por Meu Timão

Treinador e atacante são favoritos para premiações da Bola de Prata

Treinador e atacante são favoritos para premiações da Bola de Prata

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Nesta segunda-feira, a ESPN premia os melhores do Campeonato Brasileiro na cerimônia da entrega da Bola de Prata e, claro da Bola de Ouro. Tido como um dos principais "culpados" pelo provável domínio corinthiano da seleção do torneio, Fábio Carille chegou elegante a festa. Descontraído, logo falou sobre seu traje social, mas não esqueceu de valorizar tudo que viveu nesta temporada.

"De Sertãozinho para o mundo. Não me sinto muito bem com essa roupa, tenho que ser sincero", brincou o comandante alvinegro, que ainda não acredita em tudo que aconteceu até a conquista de seu título mais importante como técnico.

"Tem hora que eu paro para pensar e não consigo entender muito as coisas ainda. Fico pensando em tudo, como começou. Eu acreditava que poderia chegar em uma equipe grande. Mas não esperava que as coisas fossem acontecer dessa forma. Sou um cara muito abençoado, por estar nove anos no clube, com dez títulos importantes e agora dois como treinador", completou.

Leia também:
Entre os maiores ídolos do Corinthians, Sócrates falecia há seis anos
Há seis anos, Corinthians empatava Dérbi e garantia pentacampeonato do Brasileirão

Durante a cerimônia, Carille vai encontrar vários de seus comandados. Um deles deve viver dia ainda mais especial. Centroavante da seleção do torneio, Jô deve, também, conquistar o prêmio individual máximo, a Bola de Ouro. O camisa 7, artilheiro do Brasileirão, não esconde a alegria de terminar a temporada assim.

"A gente sempre fala do coletivo porque o futebol é assim, mas você ganhar prêmios individuais é uma satisfação muito grande, porque é algo que você fez. Venho aqui muito feliz e muito grato receber essa premiação, que também é dos meus companheiros", disse o atacante.

Agora nome certo entre os melhores do campeonato, Jô chegou ao Corinthians cercado de desconfiança. Com tantos prêmios e, sobretudo, conquistas coletivas, o centroavante já nem pensa mais nas críticas.

"Tiveram pessoas que me escolheram, só fiz meu papel, creio que fiz bem feito. Foi um ano especial, pelas expectativas, acabei correspondendo. Dever cumprido, não critico quem fez as críticas, mas sai um peso. Foi um ano maravilhoso", concluiu.

Veja mais em: , Fábio Carille e Heptacampeonato brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians é dominado pelo RB Bragantino e perde em casa | Mancini beira a nota zero nas notas da Fiel

    VÍDEO: Corinthians é dominado pelo RB Bragantino e perde em casa | Mancini beira a nota zero nas notas da Fiel

    ver detalhes
  • Elenco se reapresentou após a derrota para o Red Bull Bragantino

    Corinthians se reapresenta e inicia preparação para o Bahia; volante faz transição

    ver detalhes
  • Dyego Coelho no empate com o Atlético-MG pelo Campeonato Brasileiro Sub-20

    Coelho deixa o Corinthians e não é mais técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Única imagem de Diogo Vitor com a camisa do Corinthians foi na assinatura do seu contrato

    Meia ex-Santos contratado para o Sub-23 é dispensado pelo Corinthians sem nem estrear pelo time

    ver detalhes
  • Duilio deu entrevista ao lado de José Colagrossi

    Corinthians divulga valor de novo patrocinador máster; clube renova com outras duas marcas

    ver detalhes
  • Elenco está com salário atrasado, mas já sabe quando vai receber, segundo o presidente

    Presidente do Corinthians confirma salários atrasados, mas prega cautela: 'Sabem quando vão receber'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: