Presidente do Corinthians esfria possibilidade de contratar dupla do Fluminense para 2018

Presidente do Corinthians esfria possibilidade de contratar dupla do Fluminense para 2018

Por Meu Timão

Roberto de Andrade botou panos quentes nas especulações envolvendo Scarpa e Henrique

Roberto de Andrade botou panos quentes nas especulações envolvendo Scarpa e Henrique

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Em meio às inúmeras especulações do mercado da bola neste fim de ano, dois jogadores do Fluminense tiveram seus nomes ligados ao Corinthians como possíveis contratações para 2018: o zagueiro Henrique e o meia Gustavo Scarpa. Em entrevista concedida à Rádio Bandeirantes no último domingo, o presidente alvinegro, Roberto de Andrade, tratou de esfriar a possibilidade de transferência envolvendo a dupla do clube carioca.

"Quanto ao Gustavo Scarpa, não existe uma negociação, não fizemos contato. E se o Fluminense estiver pedindo 6 milhões de euros (R$ 23 milhões) por 40% dos direitos econômicos, não tem nem o que conversar, não há possibilidade", declarou.

"(Henrique) É um bom atleta, nós ainda não conversamos com o Fluminense, mas é um bom nome", completou.

Leia também: Na reta final do mandato, parte das afirmações de Roberto de Andrade não bate com a realidade

As especulações envolvendo Scarpa tiveram início ainda no mês passado. De acordo com informações publicadas pelo portal Uol, o candidato situacionista Andrés Sanchez estaria arquitetando um plano de contratar o meia do Fluminense caso seja eleito presidente.

Já com relação a Henrique, o interesse corinthiano é mais recente. O experiente zagueiro, com passagens inclusive pela Seleção Brasileira, tem um dos mais altos salários do elenco carioca e assim pode ter uma transferência ao Timão facilitada.

Prioridades

Curiosamente, as posições de Scarpa e Henrique não forma citadas por Roberto de Andrade como prioridades de contratações para 2018. No entendimento do mandatário, há urgência na reposição de Guilherme Arana (lateral esquerda) e na busca por um atacante.

"Lateral esquerdo e atacante, que nunca é demais. Vamos disputar quatro torneios e sempre tem problemas de cartão, contusão. É o lugar mais prioritário, que faz o gol", argumentou.

Veja mais em: Mercado da bola e Roberto de Andrade.

Veja Mais:

  • Sob comando de Coelho, Timãozinho cai nas oitavas da Copinha

    Falhas individuais custam caro, e Corinthians é eliminado da Copinha

    ver detalhes
  • Superado pelo Avaí, o Timãozinho deu adeus à Copinha de 2018

    Em partida sem craques, Fiel não perdoa Corinthians por eliminação na Copa São Paulo de 2018

    ver detalhes
  • Bilu esconde choro após derrota do Timão para o Avaí

    Corinthianos deixam campo às lágrimas após queda na Copinha; Coelho: 'Perdemos para nós mesmos'

    ver detalhes
  • Alessandro é homem forte do futebol corinthiano neste início de 2018

    Alessandro abre o jogo sobre Henrique Dourado e busca do Corinthians por camisa 9

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes