Jô & cia: Corinthians perde três titulares em um mês, não contrata e põe 2018 em xeque

71 mil visualizações 224 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Roberto de Andrade está na reta final do mandato e tenta reforçar elenco para 2018

Roberto de Andrade está na reta final do mandato e tenta reforçar elenco para 2018

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Recesso, natal, ano novo... O fim de dezembro, que habitualmente é recheado de festas e motivos para comemoração, vem deixando os torcedores do Corinthians um tanto quanto apreensivos. No intervalo de um mês, a equipe heptacampeã brasileira perdeu três titulares e não contratou ninguém para fazer a reposição.

O único reforço anunciado até aqui é Júnior Dutra. O atacante de 29 anos chega sob desconfiança por parte da torcida após defender o Avaí na última edição do Campeonato Brasileiro. Em princípio, é tratado como opção para as beiradas e o meio de campo do técnico Fábio Carille - não é visto como atleta ideal para atuar como centroavante.

Com relação à mais nova baixa - Jô vendido ao Nagoya Grampus, do Japão -, o Corinthians corre contra o tempo vasculhando o mercado da bola em busca de um camisa 9 experiente. A intenção é contratar alguém que chegue para ser titular e fazer a diferença na Libertadores. Até o momento não há um nome em evidência - Fred foi sondado, mas o salário assustou.

Uma posição que também vem tirando o sono da diretoria corinthiana é a lateral esquerda. Após a confirmação da venda de Guilherme Arana ao Sevilla, da Espanha, o Corinthians passou a monitorar a situação de inúmeros possíveis substitutos. Atualmente, quem está mais próximo de ser contratado é Juninho Capixaba, do Bahia.

O mesmo nível avançado de negociação não pode ser dito a respeito da zaga. Após perder Pablo, que não foi adquirido em definitivo pelo Timão, a diretoria ainda não conseguiu se aproximar de nenhum beque. Foram especulados Marllon, da Ponte Preta, Moisés, do América-MG, e Henrique, do Fluminense.

Ah! Vale ainda citar reforços que podem pintar em outros setores que não lateral, zaga e ataque. São os casos de Renê Júnior, volante que está apalavrado com o Corinthians e já deve inclusive se reapresentar junto com o elenco alvinegro no início de janeiro. e Gustavo Scarpa, meia que negocia sua saída por empréstimo do Fluminense e deve defender ou Corinthians ou São Paulo no ano que vem.

E mais: para piorar a situação do Corinthians, que tenta reforçar seu elenco para 2018, o início da próxima temporada será antecipado. Por conta da Copa do Mundo da Rússia, o calendário do futebol mundial acabou adiantado - o Paulistão, por exemplo, tem começo previsto para 17 de janeiro. Antes disso, o Timão faz pré-temporada nos Estados Unidos.

Veja mais em: Mercado da bola e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Ralf volta ao plantel do Timão para o jogo desta quarta-feira

    Com três retornos, Corinthians confirma lista de relacionados para jogo com o Goiás

    ver detalhes
  • Treinador português corre risco de demissão no Monaco

    Possível interesse do Corinthians em técnico do Monaco repercute na Europa

    ver detalhes
  • Corinthians Sub-20 decide vaga na semifinal no Parque São Jorge

    Corinthians conhece datas das quartas do Paulista do Sub-20, Sub-17 e Sub-15; veja como ficou

    ver detalhes
  • Casa invadida pelo carro de Ralf amanheceu com pichações nesta terça-feira

    Muro de casa invadida por carro de Ralf, do Corinthians, é pichado

    ver detalhes
  • Cássio comentou sobre as recentes críticas ao técnico Fábio Carille

    'Não vejo ninguém incomodado aqui', diz Cássio sobre declarações de Carille

    ver detalhes
  • Pedrinho quer enfrentar o Goiás pelo Corinthians

    Pedrinho se coloca à disposição para enfrentar o Goiás; Corinthians envia fisioterapeuta

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: