Sem diretor ao lado e prestes a deixar o Corinthians, Alessandro se desdobra por reforços

Sem diretor ao lado e prestes a deixar o Corinthians, Alessandro se desdobra por reforços

Por Meu Timão

6.6 mil visualizações 80 comentários Comunicar erro

Ao lado de Roberto de Andrade, Alessandro é quem tenta viabilizar contratações para o Corinthians

Ao lado de Roberto de Andrade, Alessandro é quem tenta viabilizar contratações para o Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Como se não bastasse a situação financeira delicada do Corinthians, a busca por reforços para 2018 ficou ainda mais difícil depois saída de Flávio Adauto, ex-diretor de futebol do clube. Mantendo negociações longas, o Timão passou a encontrar alguns entraves recentes em praticamente todas as tratativas comandadas por Alessandro Nunes, gerente de fuebol que se desdobra para auxiliar Roberto de Andrade na concretização desses negócios.

A opção de "promover" Alessandro ao cargo de diretor veio por conta da proximidade das eleições no clube. Por conta disso, Roberto de Andrade, atual presidente, preferiu não buscar nenhum nome para o lugar deixado por Flávio Adauto. Foram as eleições, também, que tiraram o dirigente do seu cargo - ele foi oficializado como um dos vices de Paulo Garcia, candidato da oposição.

Leia também:
Nem Jô salva! Negociações de Corinthians e dois brasileiros viram gafe em cartaz da Florida Cup
Na mira do Corinthians, lateral de clube francês sinaliza retorno ao futebol brasileiro
Corinthians e Vitória esfriam negociação por Tréllez; alternativas já são buscadas no mercado

Enquanto o ex-diretor deixou o clube dias antes do período eleitoral, a tendência é que Alessandro faça o mesmo caminho dias depois. Forte aliado de Roberto de Andrade, não deve ser mantido por quatro dos cinco candidatos. Até mesmo Andrés Sanchez, candidato da situação, parece ter outro nome para o cargo. Trata-se de Edu Ferreira, nome que antecedeu Flávio Adauto como diretor e que deixou o clube por discordar da contratação de Cristóvão Borges, feita por Roberto de Andrade. As informações são do Lance!.

A maior probabilidade de continuidade para Alessandro é a eleição de Paulo Garcia, justamente por contar com Flávio Adauto como um de seus vices. O dirigente mantém excelente relação com o ex-lateral alvinegro.

Fazendo o papel de diretor e gerente, Alessandro tenta, em seus últimos meses de Corinthians, deixar um elenco mais encorpado para Fábio Carille. Em meio aos entraves, tenta viabilizar a contratação do lateral Juninho Paulista e parece ter se distanciado de um acerto com o colombiano Tréllez. Correndo por fora está Gustavo Scarpa, espécie de "maior sonho" da comissão técnica.

Veja mais em: Mercado da bola, Alessandro, Flávio Adauto e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Jair passa orientação a Thiaguinho, novo segundo volante titular do Timão

    Jair pode repetir Corinthians para duelo com Atlético-PR; veja única dúvida na escalação

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes