Carille sai em defesa de Kazim e avalia atuação de Romão após derrota do Corinthians

Carille sai em defesa de Kazim e avalia atuação de Romão após derrota do Corinthians

20 mil visualizações 350 comentários Comunicar erro

Kazim teve atuação discreta em derrota para Ponte

Kazim teve atuação discreta em derrota para Ponte

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O técnico Fábio Carille defendeu o atacante Colin Kazim após a derrota corinthiana por 1 a 0 para a Ponte Preta, na noite desta quarta-feira, no Pacaembu, pela estreia do Campeonato Paulista. Em entrevista coletiva, o comandante alvinegro disse que o jogador inglês naturalizado turco, bastante criticado pela Fiel nas redes sociais, não foi único que teve rendimento aquém do esperado.

“É muito cedo ainda. Na questão técnica tem muito jogadores abaixo, faz parte do processo, não foi só o Kazim. É importante acreditar em todos e amanhã começar a pensar no jogo de domingo”, afirmou Carille.

Outro atleta avaliado por Carille foi o lateral-esquerdo Guilherme Romão, promovido das categorias de base do clube. O camisa 13, logo na primeira rodada do estadual, levou dois cartões amarelos por faltas, foi expulso e desfalcará o Timão no jogo diante do São Caetano.

“Gostei muitos dos jogos que vi na Flórida e dos trabalhos no dia a dia, passamos a ter dois armadores, bons passes. Já sobre o Romão, é um jovem, que acompanho há muito tempo na base, estava no Oeste ano passado. Ainda precisamos melhorar questões defensivas”, explicou, antes de citar também Júnior Dutra, centroavante contratado do Avaí.

“O Júnior Dutra eu posso usar em várias funções, tem força, pode jogar pelos lados e pelo centro, até como meio. O elenco está equilibrado, é questão de tempo para melhorar”.

Leia também:
Emprestado pelo Corinthians, atacante 'encarna' Neymar e faz quatro na estreia de Rogério Ceni
Consciente, Jadson tenta explicar pênalti perdido: 'Culpa minha'

Questionado sobre comparações de parte da imprensa envolvendo o Corinthians e demais equipes paulistas, Carille foi franco: “Sobre outras equipes, não tenho com o que me preocupar. Ano passado também teve isso, muita gente contratando e a gente quietinho. Cada um tem sua situação financeira, eu sei qual é a do Corinthians. Deixei claro que não chegaria cereja do bolo e não vai chegar até a eleição de 3 de fevereiro. Tenho que blindar esses meninos, são jovens, e não é fácil jogar no Corinthians. Tenho que estar ao lado deles”, completou.

O próximo compromisso do Corinthians está marcado para domingo, diante do São Caetano, outra vez no Pacaembu. A bola rola às 19h30. Já a reapresentação do elenco no CT acontece na tarde desta quinta-feira.

Veja mais em: Fábio Carille, Kazim, Júnior Dutra e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Jair Ventura conheceu sua segunda derrota em seu segundo clássico pelo Corinthians

    Corinthians alimenta fantasma de 14 anos em sequência de clássicos desastrosa pós-Carille

    ver detalhes
  • Corinthians de Pedrinho e Gabriel está ladeira abaixo no Brasileirão-2018

    Trio pontua, embola briga contra rebaixamento e ameaça Corinthians; veja classificação

    ver detalhes
  • Jair comandou treino do Timão na manhã deste domingo

    Com presença dos poupados em clássico, Jair inicia preparação para decisão contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Um alerta palmeirense ao Corinthians

    [Lucas Faraldo] Um alerta palmeirense ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes