Carille pede 'melhoras' no Corinthians e justifica escolha de Kazim como titular

14 mil visualizações 71 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Fábio Carille analisou a vitória de 2 a 1 sobre o São Paulo

Fábio Carille analisou a vitória de 2 a 1 sobre o São Paulo

Vinícius Souza/Meu Timão

O Corinthians venceu o São Paulo por 2 a 1, neste sábado, pela quarta rodada do Campeonato Paulista de 2018. O resultado, conquistado no estádio do Pacaembu, foi ponderado pelo técnico Fábio Carille. Ainda que veja a vitória como "importante", o comandante indicou que o time ainda precisa de melhoras neste início de temporada e explicou sua escolha para a escalação titular no Majestoso.

"Vitória é sempre importante, mas ainda é o início. Com vitória as coisas ficam mais fáceis. Tanto eu quanto a comissão temos de saber que podemos melhorar. A vitória pode esconder muita coisa. Temos muito a trabalhar", analisou Carille.

Em seu primeiro clássico do ano, o Corinthians saiu na frente após 63 segundos de jogo. Jadson abriu o placar do duelo, em um gol relâmpago após uma assistência de Rodriguinho. O São Paulo chegou a empatar com Brenner, mas Balbuena colocou a vitória nas mãos alvinegras ainda no primeiro tempo. O time do Morumbi voltou do intervalo mais ofensivo, porém, o Timão segurou o resultado.

Leia também:
#SemNovidade: Corinthians zoa rival São Paulo no Twitter após vitória no Majestoso
Gabriel analisa vitória do Corinthians em Majestoso: 'Fizemos um jogo cirúrgico'
Balbuena celebra vitória no Majestoso e traça 'bom caminho' do Corinthians no Paulistão

Para Carille, a equipe pecou ao não manter a posse de bola no segundo tempo, o que dificultou lances ao ataque. "Para jogar com dois meias temos de ficar com a bola. No segundo, não conseguimos. É o que vou procurar melhorar, para que a bola chegue com qualidade nos pés do Jadson e do Rodriguinho", completou o treinador.

A escolha pela manutenção de Kazim entre os titulares do Corinthians foi criticada por alguns torcedores. O centroavante não tem agradado a Fiel, que chegou a pedir a manutenção do reserva Júnior Dutra à frente da equipe alvinegra. Carille justificou a decisão com base do desgaste físico do elenco neste início do temporada, e foi ponderado ao analisar quem seria o melhor para a posição no momento.

"Conversei com todos os jogadores, conversei muito com Júnior Dutra. Ele mesmo falou que não suportaria os 90 minutos. O que é melhor? Ele no começo ou no fim do jogo? É um mistério. Precisamos ver o que é melhor. Então, optei pelo Kazim porque depois poderia terminar com o Júnior", finalizou.

O Timão volta a campo pelo Campeonato Paulista no próximo dia 4, domingo, diante do Novorizontino. O duelo será realizado no estádio Jorge Ismael de Bias, em Novo Horizonte.

Veja mais em: Fábio Carille, Kazim, Majestoso e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Corinthians leva a virada e perde para o Cruzeiro por 2 a 1 em Itaquera; Carille foi expulso no segundo tempo

    Corinthians não consegue afastar crise e perde de virada para o Cruzeiro pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Com apenas 5,6, o volante Ralf foi eleito o melhor em campo pela Fiel

    Torcida do Corinthians poupa Ralf em noite de médias extremamente baixas; reserva é o pior em campo

    ver detalhes
  • Em meio a crise, Fábio Carille seguirá no comando do Corinthians

    Diretor do Corinthians garante permanência de Fábio Carille

    ver detalhes
  • Carille foi alvo de críticas da Fiel após a derrota para o Cruzeiro

    Fim da paciência com Carille, erros de arbitragem e Corinthians 'em queda'; veja repercussão da Fiel

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu de virada para o Cruzeiro na noite deste sábado

    Com nova derrota, Corinthians pode terminar rodada fora do G6 do Brasileirão; veja tabela

    ver detalhes
  • Fábio Carille foi expulso por conta de reclamação para o árbitro e irá perder o próximo jogo do Corinthians

    Corinthians sofre com pendurados e expulsão de Carille e terá desfalque triplo diante do Santos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: