Orgulho do torcedor no ano do hepta, base perde espaço no Corinthians no início de 2018

6.2 mil visualizações 139 comentários

Carlinhos é apenas um dos jogadores da base que estão sem espaço em 2018

Carlinhos é apenas um dos jogadores da base que estão sem espaço em 2018

Danilo Augusto/ Meu Timão

Dos 24 jogadores relacionados para o jogo que confirmou o heptacampeonato brasileiro, contra o Fluminense, na Arena Corinthians, nada menos do que 11 foram revelados pelo próprio clube: Caíque França, Filipe, Fagner, Guilherme Arana, Léo Príncipe, Pedro Henrique, Léo Santos, Maycon, Marciel, Pedrinho e Jô.

Na noite desta quarta-feira, diante do São Bento, pelo Paulistão, o técnico Fábio Carille levou 23 jogadores para a Arena Corinthians. Desse total, apenas cinco eram da base: Caíque França, Pedro Henrique, Fagner, Guilherme Mantuan e Maycon.

Essa diferença acima apontada pela reportagem do Meu Timão não foi por acaso. Neste momento, quando o calendário do futebol brasileiro ainda está no início, a base está com espaço bastante reduzido no CT Joaquim Grava. Fagner, que subiu no longínquo ano de 2006, é o único titular neste momento.

Parte da culpa pela ausência dos jovens está na chegada de jogadores experientes, como Henrique e Emerson Sheik. Isso sem falar na presença de Danilo e na chegada de Ralf.

No gol, Caíque França segue com moral, na reserva do titular Cássio. Filipe, na ausência de Walter, o segundo goleiro reserva. Nas laterais, Fagner é o único revelado na base que é titular neste momento, enquanto Guilherme Romão segue na reserva de Capixaba, Mantuan é opção na direita e Léo Príncipe sequer foi inscrito no Estadual.

Na zaga, Pedro Henrique perdeu a vaga para Henrique, que ganhou forma física e a titularidade contra o São Bento. Léo Santos não vem sendo relacionado, e ainda pode perder mais espaço com a chegada de Marllon. Yago é outro que está fora dos planos e deve ser negociado.

No meio, Maycon perdeu espaço com a chegada de outros volantes e, neste momento, segue no aguardo da oficialização da oferta do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Pedrinho vinha ficando de fora por causa de uma anemia. O jovem, de apenas 19 anos, já havia ficado sem espaço durante o Brasileirão do ano passado.

No ataque, Carlinhos é o único representante da base após a saída de Jô. E segue sem qualquer tipo de chance. A avaliação da comissão técnica é que o centroavante ainda não tem condição de iniciar o jogo.

Veja mais em: Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Gustavo Silva e Vital comemorando o segundo gol do Corinthians contra o Sport

    Corinthians domina, vence Sport e volta a se aproximar do G6 no Brasileirão

    ver detalhes
  • Mateus Vital marcou o segundo gol do Corinthians, na Neo Química Arena

    Vital se destaca e é o melhor em campo do Corinthians contra Sport; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Elenco comemora gol de Gustavo Silva sobre o Sport, pelo Brasileirão, na Neo Química Arena

    Fiel destaca atuação de trio do Corinthians e volta a falar em classificação para Libertadores; veja

    ver detalhes
  • Vagner Mancini valorizou a recuperação do Corinthians diante do Sport

    Mancini analisa vitória segura do Corinthians e afirma: 'Mudamos de objetivo no Brasileiro'

    ver detalhes
  • Mancini deve ter Otero à disposição na próxima segunda-feira

    Recuperado do coronavírus, Otero volta a ficar à disposição do Corinthians nesta sexta-feira

    ver detalhes
  • Quando todos nos tornamos 'torcedores de sofá'

    [Ana Paula Araújo] Quando todos nos tornamos 'torcedores de sofá'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: