Três meses depois do hepta, Pablo recebe medalha de campeão brasileiro pelo Corinthians

4.7 mil visualizações 70 comentários

Por Meu Timão

Pablo defendeu Corinthians ao longo de 2017 e foi campeão paulista e brasileiro como titular

Pablo defendeu Corinthians ao longo de 2017 e foi campeão paulista e brasileiro como titular

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians sacramentou a conquista do heptacampeonato brasileiro no dia 15 de novembro de 2017. No entanto, somente nesta sexta-feira, 16 de fevereiro, o zagueiro Pablo recebeu a devida medalha de campeão. O defensor, atualmente no Bordeaux, da França, revelou estar com a condecoração em mãos em entrevista ao programa Bate-Bola, do canal ESPN Brasil.

“Cara, você nem acredita. Acredita que eu peguei a medalha hoje (sexta-feira)? Consegui pegar a medalha hoje, teve um probleminha, não sei se da federação (CBF). Já tinha pegado a faixa nas férias. Peguei a medalha hoje, por incrível que pareça”, disse Pablo que, por estar na França, recebeu a medalha por meio de seu empresário, que esteve no CT Joaquim Grava.

“Está no Brasil (a medalha). Meu empresário foi buscá-la no clube”, completou o zagueiro.

Campeão paulista e brasileiro, Pablo deixou o Corinthians no fim de novembro, depois que as negociações para que ele fosse adquirido em definitivo junto ao Bordeaux fracassaram. O principal entrave se deu por conta da parte financeira: seu representante, o advogado Fernando César, não aceitou a forma de pagamento proposta pelo Timão das luvas e comissão do negócio.

Leia também:
Craque do Chelsea e da Seleção, Willian revela desejo de encerrar carreira no Corinthians
De volta à Seleção? Meia do Corinthians entra no radar de Tite para Copa do Mundo

Sincero, o zagueiro brasileiro voltou a elogiar a equipe que abriu as portas a ele há um ano. O ex-camisa 3 corinthiano também demonstrou gratidão e abriu possibilidade de uma volta ao Parque São Jorge no futuro.

“O que eu falo mais nas minhas entrevistas é que eu não tenho nada pra falar mal do Corinthians, pelo contrário. Eu só queria lembrar de um ano perfeito para mim, para a equipe, onde nós não tínhamos projeção de nada e conseguimos dois títulos importantíssimos, me fez virar outro atleta. Só tenho a elogiar a instituição Corinthians, que é gigantesca, e falar obrigado por tudo. Quem sabe um dia eu possa voltar a vestir a camisa do Corinthians. Por que não? Infelizmente teve um probleminha no final, mas nada que vai me fazer esquecer tudo que vivi e me fez ter um ano perfeito”, completou.

Veja mais em: Pablo, Ex-jogadores do Corinthians e Heptacampeonato brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians deseja ter Yuri Alberto até 2025

    Corinthians negocia para ter Yuri Alberto até 2025 e pode não usar 'cláusula da guerra'

    ver detalhes
  • Corinthians encerrou a preparação para enfrentar o Santos

    Corinthians encerra preparação para enfrentar o Santos no Brasileiro; veja possível escalação

    ver detalhes
  • Bruno Méndez está liberado para reestreia no Corinthians

    Bruno Méndez é registrado no BID e está liberado para fazer reestreia pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Presidente Duilio Monteiro Alves está à frente das cobranças do Corinthians junto à Conmebol; clube tem aval e respaldo da CBF na busca por punição ao Boca Juniors

    Corinthians reforça cobrança de punição ao Boca Juniors por racismo; clube tem respaldo da CBF

    ver detalhes
  • Erick Pulgar pertence à Fiorentina, da Itália; volante é constantemente convocado para a seleção chilena e defendeu o Galatasaray na última temporada

    Corinthians tem conversas para a contratação de volante chileno Erick Pulgar

    ver detalhes
  • Balbuena atuou pelo Corinthians entre 2016 e 2018. Após conquistar três títulos no Parque São Jorge - dois títulos do Paulistão e um do Brasileirão - o defensor foi atuar no West Ham, da Inglaterra

    Corinthians demonstra interesse e Balbuena tenta liberação na Rússia; grande europeu é obstáculo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x