Acender a chama? Clássico contra Palmeiras ganha peso extra no Corinthians

4.7 mil visualizações 54 comentários

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni

Timão e Palmeiras se enfrentam sábado, na Arena, no primeiro Dérbi de 2018

Timão e Palmeiras se enfrentam sábado, na Arena, no primeiro Dérbi de 2018

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O foco e a motivação do Corinthians estão voltados ao Red Bull Brasil, seu oponente nesta segunda-feira. Ainda assim, a proximidade do primeiro clássico contra o Palmeiras, marcado para sábado que vem, na Arena Corinthians, já é assunto no Timão, sobretudo por conta da fase irregular da equipe, que soma apenas quatro vitórias e incômodas três derrotas em 2018.

Para o lateral-direito Fagner, titular absoluto sob o comando de Fábio Carille e um dos pilares do elenco, não há como negar a oscilação do Corinthians na temporada. Até por isso, o Dérbi pode “acender a chama” do Timão assim como ocorreu em 2017, quando o esquadrão alvinegro derrotou o arquirrival em Itaquera com um jogador a menos. Tal clássico é tratado como “ponto da virada” da equipe no ano que terminou com o heptacampeonato brasileiro.

“É o momento para mostrar o amadurecimento dessas sete primeiras rodadas, né? Como falei, foi um aprendizado muito grande para que a gente pudesse se consolidar como equipe. A gente sabe que vai entrar jogos duros agora, que a gente não pode ter margem de erro. Então o nível de concentração tem de ser maior, o nível de entendimento daquilo que for passado, o nível técnico, tático, tudo tem de ser elevado ao máximo pra que a gente consiga consolidar a equipe e possa conseguir bons resultados”, explicou Fagner, que conversou com a reportagem do Meu Timão durante evento da Nike nesse sábado.

Leia também:
Crédito no cartão do Burger King acaba; Pedrinho se diverte ao contar como descobriu
Início irregular, gols tomados em demasia, oscilação de Capixaba... Fagner pede calma à Fiel

Com duas derrotas consecutivas, o Corinthians se prepara para sua sequência de jogos mais exigente até aqui. Somente nos próximos quatro compromissos, o Timão disputará dois clássicos, ante Palmeiras (24 de fevereiro) e Santos (04 de março), e estreará na Copa Libertadores da América, frente ao Millonarios, da Colômbia (28 de fevereiro).

De acordo com Clayson, que deve reassumir condição de titular com a lesão de Marquinhos Gabriel, a série de confrontos pode dar ao Corinthians a confiança necessária para se encontrar na temporada, às vésperas da Libertadores.

“É uma sequência difícil, mas é claro que se você ganhar jogos dessa grandeza te dá confiança, que foi o que o time ganhou ano passado, muita confiança e começou a jogar naturalmente, as coisas fluíam naturalmente. Então a gente precisa de um jogo bom, um jogo grande como esse para vencer e ganhar confiança novamente, para trabalhar tranquilo, cada um poder desenvolver seu trabalho da melhor maneira possível para nós voltarmos ao caminho das vitórias e jogar todo mundo confiante, que é o mais importante”, disse o meia-atacante.

Corinthians e Red Bull Brasil se enfrentam nesta segunda, às 20h, em Campinas, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. A equipe de Carille tem 12 pontos e é líder isolada do grupo A, à frente de Bragantino, com nove pontos, Ituano, oito, e Linense, cinco.

Confira os próximos jogos do Corinthians

19 Fev, Seg, 20h00 - Red Bull Brasil x Corinthians
24 Fev, Sáb, 17h00 - Corinthians x Palmeiras
28 Fev, Qua, 21h45 - Millonarios x Corinthians
04 Mar, Dom, 17h00 - Santos x Corinthians
07 Mar, Qua, 21h45 - Corinthians x Mirassol

Veja mais em: Dérbi, Fagner, Clayson, Campeonato Paulista e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Méndez e Xavier podem ganhar chance nesta quinta-feira

    Corinthians encerra preparação para duelo contra o Sport com treino tático; veja possível time

    ver detalhes
  • Você percebeu ao vivo? O erro crucial do Corinthians e uma grande lição para 2021

    VÍDEO: Você percebeu ao vivo? O erro crucial do Corinthians e uma grande lição para 2021

    ver detalhes
  • Jemerson falou com a imprensa nesta quarta-feira

    Jemerson ressalta foco no Corinthians, mas admite futuro em aberto: 'Se não ficar, vida que segue'

    ver detalhes
  • Contradições e coincidências da chegada de Cafu ao Corinthians: quem mentiu?

    [Andrew Sousa] Contradições e coincidências da chegada de Cafu ao Corinthians: quem mentiu?

    ver detalhes
  • Corinthians é o favorito em casas de apostas para o duelo desta quinta-feira

    [Publi] Em busca de recuperação, Corinthians enfrenta o Sport como favorito

    ver detalhes
  • Alexandre Husni quer reunir Conselho para debater estatuto do Corinthians

    Reforma do estatuto do Corinthians é tratada como prioridade por novo presidente do Conselho

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: