Não é não: com novos uniformes e tatuagens na Arena, Corinthians abraça luta contra machismo

21 mil visualizações 142 comentários

Por Meu Timão

Corinthians abraça campanha de combate ao assédio sexual e à violência contra a mulher

Corinthians abraça campanha de combate ao assédio sexual e à violência contra a mulher

Divulgação

O Corinthians ainda nem entrou em campo e já marcou um golaço no jogo desta quarta-feira, contra o Mirassol, às 21h45, na Arena, em Itaquera, pelo Campeonato Paulista. Na véspera do Dia Internacional da Mulher, a partida marca o engajamento do Timão na luta contra o machismo - a favor da igualdade de gênero, portanto.

Com objetivo de sensibilizar a sociedade para o combate ao assédio sexual e à violência contra a mulher, o Corinthians se juntou de forma inédita ao coletivo feminista "Não é Não" e adotou assim a campanha #RespeitaAsMinas. Nesta terça-feira, o clube anunciou algumas ações para o jogo de quarta.

Leia também: Tour da Arena Corinthians oferece descontos e até gratuidade a torcedoras no mês da mulher

Os times feminino e masculino do Corinthians entrarão em campo juntos - no uniforme delas, estarão estampados os dizeres "Não é não"; no deles, a hashtag #RespeitaAsMinas. Jogadoras e jogadores ainda exibirão uma faixa com o slogan da campanha, bem como os telões e painéis de LED da Arena. Ainda antes de a bola rolar, Milene Domingues, ex-atleta do Timão, será anunciada como a embaixadora da equipe feminina de futebol do clube.

Para as torcedoras, a novidade fica por conta da distribuição de cerca de 10 mil tatuagens temporárias na loja Poderoso Timão localizada próximo ao estacionamento do estádio. Tal ação foi criada em blocos de Carnaval do ano passado, em decorrência da indignação das mulheres diante de tantos casos de assédio e se tornou um movimento de luta por uma sociedade mais igualitária entre os diferentes gêneros.

"O clube dá um passo importante no sentido certo e da forma correta, respeitando o lugar de fala das mulheres que escolheram onde estampar seu apelo 'Não é Não' em diálogo com a campanha #RespeitaAsMinas, no masculino, respeita a diferença vai muito além de retórica e o Timão sempre esteve na vanguarda das lutas democráticas", declarou a vice-presidente do Corinthians, Edna Murad Hadlik.

Veja mais em: Ações de marketing, Ações sociais do Corinthians, Futebol feminino, Torcida do Corinthians e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Gustavo Mosquito era um dos destaques do Paraná na temporada

    Volta de Gustavo Mosquito ao Corinthians revolta torcedores do Paraná; entenda

    ver detalhes
  • Corinthians realiza último treino no CT antes de encarar o Grêmio neste sábado

    Sem Fagner e Carlos, Corinthians finaliza preparação para duelo com Grêmio; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Ruan Oliveira estreia pelo profissional do Corinthians no primeiro compromisso da equipe pelo Brasileirão de 2020

    Corinthians prorroga empréstimo de meia Ruan Oliveira; jogador ganhará espaço com Tiago Nunes

    ver detalhes
  • Entenda a dor de cabeça de Tiago Nunes no Corinthians

    [Vitor Chicarolli] Entenda a dor de cabeça de Tiago Nunes no Corinthians

    ver detalhes
  • Otero é pretendido pelo Corinthians e pode chegar para concorrer com Mateus Vital

    Otero recebe elogios de Vital, possível concorrente por vaga de titular no Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deixou o Corinthians no início desta temporada e segue sem clube

    Corinthians emite nota oficial em defesa de Jadson e desmente diretor de futebol do Coritiba

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: