Corinthians confia na permanência de Fabricio Oya, livre para assinar pré-contrato

Corinthians confia na permanência de Fabricio Oya, livre para assinar pré-contrato

24 mil visualizações 251 comentários Comunicar erro

Fabricio Oya é joia da base do Corinthians, mas pode deixar clube em setembro. De graça...

Fabricio Oya é joia da base do Corinthians, mas pode deixar clube em setembro. De graça...

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Fabricio Oya, camisa 10 do atual elenco Sub-20 do Corinthians, está livre para assinar pré-contrato com qualquer equipe desde a última sexta-feira (09). Ainda assim, a diretoria do departamento de formação de atletas do Timão aposta na permanência do meio-campista, já observado por clubes de ponta da Itália, como Milan e Roma.

“Nossa intenção é permanecer com ele. É um menino de muita projeção, desde o ano passado estamos conversando com o pai pra apresentar o projeto do clube em relação a ele. É um caso que a gente olha com muito carinho, até pelo perfil dele como pessoa, é muito inteligente, um jogador diferente. Óbvio que temos total interesse em permanecer com ele”, afirmou o gerente geral das categorias de base do Corinthians, Fernando Yamada, ao Meu Timão.

Um dos jogadores brasileiros mais promissores da safra 1999, Oya tem contrato com o Corinthians apenas até o próximo dia 9 de setembro. O clube deu início às tratativas pela possível renovação do vínculo ainda em meados de 2017, mas não obteve sucesso. A menos de seis meses de o contrato expirar, o Timão corre risco de perder o armador sem receber qualquer quantia em troca.

Com 18 anos, Fabricio e seu estafe entendem que o armador tem idade suficiente para jogar profissionalmente, e que uma oferta que envolva eventual promoção no momento seria benéfica. O Corinthians, por outro lado, trata o caso com cautela – a efeito de curiosidade, somente dois atletas que disputaram a última Copa São Paulo de Futebol Júnior foram incorporados ao grupo principal: o goleiro Filipe e o zagueiro/lateral-esquerdo Carlos Augusto.

Segundo Yamada, a proximidade do Sul-Americano Sub-20, marcado para o início de 2019, pode auxiliar o Corinthians a estender o contrato de Oya. O camisa 10 alvinegro está no radar de Carlos Amadeu, treinador da Seleção Brasileira da categoria, e tem condições de compor o grupo que disputará o torneio classificatório para a Olimpíada de Tóquio, em 2020.

“Temos ciclo de Seleção Brasileira também, que é em janeiro, uma competição dentro da categoria dele. Acho que ele também tem interesse de continuar aqui, porque estaria mais perto de vestir a camisa da Seleção dando sequência à carreira dele no Corinthians”, opinou o dirigente. “Tivemos algumas conversas com o pai e com o representante, sempre foram proveitosas no sentido de ninguém ter ideias diferentes, a parte do atleta, do estafe, e nossa temos a mesma ideia em relação ao futuro dele”, acrescentou.

Oya marcou dois gols e deu três assistências ao longo da campanha do Corinthians na Copinha-2018, encerrada de modo precoce, nas oitavas de final. Tratado como joia internamente, ele já despertou interesse de gigantes ingleses, casos de Manchester United e Liverpool. Sua multa rescisória para clubes do exterior está avaliada em R$ 180 milhões, dinheiro que o Timão não verá caso Fabricio assine pré-contrato com outro time. O tempo corre...

“Conhecendo a família, o atleta e o pai, estamos tranquilos porque desde o ano passado estamos conversando e confiamos muito na palavra do pai. O jogador tem um sentimento de gratidão também pelo Corinthians, chegou aqui com 12 anos. Se fosse outro caso, nós até ficaríamos preocupados, mas estamos conversando com ele desde o ano passado, já no segundo semestre fizemos algumas reuniões com a família, com o pai, e estamos bem alinhados e confiamos muito na palavra dele”, completou.

Veja mais em: Fabricio Oya, Diretoria do Corinthians, Base do Corinthians, Mercado da bola e Corinthians Sub-20.

Veja Mais:

  • 'Nem Pedrinho salva...': Timão não foi páreo para o Grêmio na noite deste sábado

    Pobre tecnicamente, Corinthians é derrotado pelo Grêmio no fim do primeiro turno

    ver detalhes
  • Walter 'voa' para afastar perigo de gol do Grêmio; nem arqueiro evitou revés em casa

    Walter evita o pior, e Loss é eleito 'vilão': as avaliações do revés corinthiano

    ver detalhes
  • Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, falou sobre a ausência de Fagner

    Na esteira de rivais, Corinthians também reclama da convocação de Fagner: 'Não ficamos satisfeitos'

    ver detalhes
  • Corinthians tem campanha irregular no Brasileiro nas mãos de Loss

    Fiel dispara contra Loss na web após derrota do Corinthians; veja melhores comentários

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes