Carille se diz assustado após repercussão e minimiza polêmica com técnico do São Paulo

Carille se diz assustado após repercussão e minimiza polêmica com técnico do São Paulo

Por Thaina Barros e Vinícius Souza

17 mil visualizações 191 comentários Comunicar erro

Carille comentou polêmica com técnico Diego Aguirra, no clássico do Timão contra o São Paulo

Carille comentou polêmica com técnico Diego Aguirra, no clássico do Timão contra o São Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), o Corinthians encara o segundo e decisivo duelo contra o São Paulo, pelas semifinais do Campeonato Paulista. A preparação para o clássico veio carregada de ecos da derrota de 1 a 0 do Timão no último domingo, no jogo de ida no estádio do Morumbi, por conta de uma polêmica com o técnico Fábio Carille com o comandante rival, Diego Aguirre.

Carille afirmou que se assustou com a repercussão de suas declarações sobre a atitude de Aguirre, que não o cumprimentou antes da bola rolar no Majestoso e disse não ter reconhecido o técnico do Corinthians. Ainda que tenha admitido que realmente ficou chateado com a situação, o treinador do Timão adotou um tom conciliador e afirmou que irá conversar com o rival no vestiário do São Paulo antes do duelo desta quarta, na Arena em Itaquera. A atitude do comandante alvinegro tem sido recorrente nesta temporada.

"Hoje eu falei com minha assessoria, assessoria do clube e me assustei. Não tenho noção das coisas que falo, o que pode do que pode crescer, é algo que tenho que aprender. Mas minha essência não perco. Deixei claro, fui no vestiário do Deportivo Lara, tivemos uma conversa muito lega, e não vou mudar minha essência. Amanhã faço isso sim. Quero deixar muito claro, parece que cheguei pra coletiva do pós-jogo do São Paulo e falei o que aconteceu. Respondi sobre o jogo, respondi sobre os desfalques, sobre o gol tomado e no meio da coletiva veio a pergunta se a conversa foi por panos quentes", disse o treinador.

"Eu falei a verdade, eu falei a verdade, tanto que ele (Aguirre) mesmo disse que não reconheceu. Longe de colocar clima de guerra pro jogo. Fiquei chateado pela atitude. Não tenho nada contra o Aguirre, nada contra o São Paulo. Ele tem o costume de cumprimentar no final do jogo. Se tivesse me falado isso, eu teria pedido desculpas. Ele disse que não reconheceu e isso me deixou chateado sim. Ponto final", completou.

Leia também:
Com Rodriguinho, Corinthians tem 23 jogadores relacionados para Majestoso decisivo; veja lista
Carille espera Rodriguinho e não define Corinthians para decisão contra São Paulo

A polêmica entre Carille e Aguirre, que ganhou atenção até do narrador e apresentador Galvão Bueno na noite da última segunda-feira, ficou marcada pela reclamação do técnico do Corinthians após o duelo. O comandante afirmou que criticou atitude do colega de profissão durante coletiva de imprensa após o clássico, chamando o uruguaio de "cara de pau".

O treinador do Corinthians fez questão de ressaltar o equívoco na percepção que suas declarações foram voltadas totalmente a criticas sobre o rival, e afastou a ideia de que a atitude foi feita como uma maneira de esquentar o clima do clássico desta quarta.

"Sou muito sincero. Se tivesse que falar, realmente é pra esquentar o segundo jogo... Não. Foi uma reposta em cima de uma pergunta, eu poeria muito be não falar nada, desconversar. Talvez eu tenha que ser um pouco político. Se começar ser político, 'Fabio está parecendo jogadores que vão, sentam e não falam nada'. Estou no processo de aprendizado, um ano como técnico. Não vou perder minha essência. O que falei ali foi isso. Única coisa que está me deixando preocupado é que parece que a coletiva foi só isso. Eu falei a verdade. Mais uma vez, ponto final nesse assunto", finalizou Carille.

Vale destacar que, com a derrota de 1 a 0 no primeiro confronto das semifinais do Paulistão, o Corinthians precisa vencer o São Paulo por dois ou mais gols de diferença no clássico de volta, desta quarta-feira, para avançar às finais no tempo regulamentar. Veja todos os cenários possíveis aqui!

Veja mais em: Fábio Carille, Majestoso e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Badauí, do CPM22: 'Sou obrigado a ouvir que sou torcedor de Arena' | #76

    VÍDEO: Badauí, do CPM22: 'Sou obrigado a ouvir que sou torcedor de Arena' | #76

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel está de saída do Corinthians

    Rumo aos Emirados Árabes, Marquinhos Gabriel pode render R$ 17 milhões ao Corinthians

    ver detalhes
  • Pedrinho treinou com bola normalmente nesta sexta-feira

    Pedrinho treina sem limitações e pode voltar ao Corinthians na escalação deste sábado

    ver detalhes
  • Fagner deu entrevista no CT Joaquim Grava e falou sobre a convocação para seleção canarinha

    Fagner comemora volta à Seleção e evita entrar em dividida com a CBF por ausência no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes