Sanchez minimiza ausência de Ronaldo e diz que Defederico é 'inegociável'

Sanchez minimiza ausência de Ronaldo e diz que Defederico é 'inegociável'

Por Meu Timão

Após a vitória contra o Fluminense, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, minimizou a ausência do atacante Ronaldo no jogo desta tarde no Pacaembu, e destacou a importância do meia Defederico, que, segundo o mandatário, não sairá do clube paulista.

"Desde que o Ronaldo veio, todos sabiam que ele não jogaria em todos os jogos. Ele teve uma lesão na panturrilha, e espero que na quarta-feira ele possa jogar", comentou Sanchez.

Sobre o argentino, e as sondagens de que o jogador estaria disposto a voltar ao futebol de seu país, o dirigente utilizou um termo que lembrou as frases eternizadas pelo ex-presidente Vicente Matheus ao falar de Sócrates: "ele é inegociável".

Segundo Sanchez, o jogador em nenhum momento manifestou qualquer desejo de sair do Corinthians, e o River Plate, clube que estaria disposto a repatriar o jogador, não fez nenhuma proposta ao clube paulista.



Estádio

Nesta segunda-feira, o trabalho em torno da construção de um estádio próprio para o Corinthians terá mais um capítulo. Segundo Andrés Sanchez, haverá uma reunião para apresentação de um projeto. "Mas até agosto outras propostas vão aparecer e vamos ver qual será a melhor", concluiu o presidente.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Conversa definirá participação de Romero nesta quinta-feira

    Romero é aguardado no CT do Corinthians; atacante pode ser até titular contra o Linense

    ver detalhes
  • Brasil venceu o Paraguai na Arena Corinthians

    Torcedores e jornalistas sul-americanos enaltecem beleza da Arena Corinthians; veja as declarações

    ver detalhes
  • Fagner aplicou um lindo chapéu no adversário paraguaio

    Corinthians destaca lindo chapéu de Fagner pela Seleção; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Gabriel é provável titular diante do Linense nesta quarta-feira; seu companheiro de setor, Maycon, está vetado

    Corinthians encara Linense na Arena em última prova antes de decisões

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes