Corinthians defende a liderança diante da Ponte Preta

Corinthians defende a liderança diante da Ponte Preta

O Corinthians defenderá pela primeira vez a liderança do Campeonato Paulista, nesta Quarta-feira de Cinzas. Às 21h50 (de Brasília), no Pacaembu, a equipe comandada por Tite enfrentará a Ponte Preta com o objetivo de continuar invicta em bom momento na competição.

"Precisamos seguir com a humildade de respeitar os adversários, mas também com a ambição de chegar mais à frente. Não pode haver descuido", cobrou Tite, satisfeito porque o Corinthians soma agora 25 pontos, contra 23 do Mirassol e 22 dos rivais São Paulo, Santos e Palmeiras.

Esta semana seria propícia para os corintianos relaxarem. O time folgou no domingo de Carnaval, um dia após derrotar o lanterna Linense por 2 a 0, e realizou dois treinos leves antes do compromisso com a Ponte Preta.

"Mas a carreira de jogador é curta. Teremos tempo para viajar em feriados depois. Devemos continuar concentrados nos nossos objetivos agora", conscientizou-se o lateral direito Alessandro, que se tornou capitão do Corinthians depois da lesão muscular sofrida pelo zagueiro Chicão.

Existia a possibilidade de Chicão voltar ao time nesta quarta-feira, mas Tite preferiu ser cauteloso com a recuperação do defensor. O atacante Jorge Henrique, outro que contundiu a coxa direita, também precisará esperar mais para retornar.

Sem Chicão e Jorge Henrique, Tite utilizará a mesma formação que iniciou a partida contra o Linense. O meia Bruno César, portanto, terá mais uma oportunidade para provar que se reabilitou plenamente da má fase técnica do início da temporada.

Assim como Bruno César e o Corinthians, a Ponte Preta está em ascensão. O time dirigido por Gilson Kleina não perde há nove jogos (venceu os quatro últimos) e já figura na sexta colocação do Estadual, com 21 pontos ganhos. "Os resultados são fruto do nosso trabalho e da dedicação dos atletas, que treinaram duro até no Carnaval", elogiou o técnico.

Kleina terá novamente à disposição o lateral direito Eduardo Arroz, que cumpriu suspensão na vitória por 1 a 0 sobre o Americana. O treinador ainda está preocupado com o lateral esquerdo João Paulo, que sofreu com uma reação alérgica, mas acha precipitado escalar o jovem Renan na função.

 Enviado por: Maycon Geremias

Veja Mais:

  • Thiago Duarte chegou a chorar após a partida por conta do erro

    Árbitro retifica súmula do clássico entre Corinthians e Palmeiras

    ver detalhes
  • Rodriguinho segue no aguardo da renovação de seu contrato

    Reunião não define renovação de Rodriguinho com Corinthians; novo encontro é a esperança

    ver detalhes
  • Tchê Tchê afirmou que teria dado tapa na cara de Gabriel em confusão

    Volante do Palmeiras comemora expulsão de Gabriel: 'Eu já ia ter dado um tapa'

    ver detalhes
  • Kazim aplicou um belo chapéu em Felipe Melo no clássico

    Corinthians divulga vídeo com belos chapéus de Romero e Kazim no Dérbi; confira

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes