Alex marca no fim e Corinthians arranca empate heroico do Inter

Alex marca no fim e Corinthians arranca empate heroico do Inter

Por Meu Timão

Alex, autor do gol de empate do Corinthians, aos 43 do segundo, não comemorou o tento

Alex, autor do gol de empate do Corinthians, aos 43 do segundo, não comemorou o tento

Foto: Marcos Nagelstein/Vipcomm

A expressão 'sabor de vitória' talvez não tenha servido tão bem a nenhum empate do Corinthians no Brasileirão como serviu ao deste domingo, por 1 a 1, contra o Internacional, no Beira-Rio. O gol de falta do ex-Colorado Alex aos 43 minutos do segundo tempo garantiu um ponto providencial em uma partida que já parecia perdida.

Se na frieza da tabela, um empate contra o Internacional em Porto Alegre já seria um resultado satisfatório, em um jogo em que o Timão passou um tempo com um a menos, o tal sabor de vitória fica ainda mais acentuado. Com o resultado, o Corinthians vai a 55 pontos e perde a liderança, já que o Vasco venceu o Bahia por 2 a 0. O Inter se mantém na sétima colocação, mesmo com um ponto a mais (agora tem 48).

No clássico que teve a rivalidade bastante inflada pelos últimos anos, restou ao Corinthians comemorar o resultado, ao som dos gritos da torcida de: 'Mais um para o DVD', em referência ao polêmico dossiê de erros de arbitragem feito pelo Inter na final da Copa do Brasil de 2009. A rivalidade só tende a crescer.

Inter melhor na primeira etapa

Na primeira etapa, Corinthians e Internacional alternaram-se no domínio da partida. Contudo, o Inter criou mais boas chances, principalmente quando articulou as jogadas pelo meio de campo. Quando dominava, o Timão pouco fazia em termos de chances claras de gol. Pelo contrário: chance abissal alvinegra realmente foi apenas uma, em cabeçada de Paulinho.

O Inter criava bastante, mas esbarrava em erros nos momentos decisivos. Em pelo menos duas oportunidades, Jô perdeu a chance de abrir o placar para o Inter. Na melhor chance colorada, Andrezinho arriscou de longe e a bola passou rente à trave direita de Julio Cesar. O Internacional pecou por não aproveitar bem as oportunidades que teve.

O fato mais relevante da primeira etapa foi a expulsão de Alessandro. Justamente em um momento em que o Corinthians ensaiava equilibrar o jogo, o lateral-direito alvinegro deu carrinho por trás em Andrezinho por cima da bola e o árbitro Evandro Rogério Roman mostrou o cartão vermelho direto. Restava ao Inter aproveitar a vantagem numérica no segundo tempo.

Vantagem numérica pesa

O Inter demorou aproximadamente 15 minutos para de fato aproveitar o domínio numérico que obteve na segunda etapa. Contudo, quando o fez, o Colorado dominou amplamente o jogo. Em pouco tempo, o Corinthians passou a ficar acuado em seu campo de defesa, com o Inter pressionando. O Timão descia esporadicamente ao ataque, mas levava pouco perigo. A melhor chance foi uma cabeçada de Danilo defendida por Muriel.

A equipe gaúcha tentou, insistiu e alcançou seu gol justamente em uma bola alçada na área. Kléber lançou para o meio da área, a zaga do Corinthians não acompanhou a movimentação de Nei e o lateral-direito apareceu para abrir o placar. Após o gol, o Corinthians ensaiou uma reação mas sofreu principalmente pela inferioridade numérica.

No fim da partida, o Corinthians chegou ao empate do jeito que a Fiel gosta: Alex cobrou falta de longe e mandou com muita força no canto direito de Muriel, sem chance para o goleiro Colorado. Empate providencial da equipe corintiana, cuja torcida comemorou aos gritos de 'Mais um pro DVD!'.

Próximos jogos

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, dia 30, às 16h, quando enfrentará o Avaí, no Pacaembu. Já o Internacional vai a Goiânia enfrentar o Atlético-GO, também no próximo domingo, mas às 18h, no estádio Serra Dourada. Os jogos serão válidos pela 32ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA:
INTERNACIONAL 1 x 1 CORINTHIANS

Estádio:
Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data/hora:
23/10/2011 - 16h (de Brasília)
Árbitro:
Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Erich Bandeira (Fifa-PE)
Renda/público: R$ 564.990,00 e 32.299 pagantes
Cartões amarelos: Rodrigo Moledo, D'Alessandro, Nei (INT); Paulinho (COR)
Cartões vermelhos: Alessandro, 40'/1ºT; D'Alessandro, 43'/2ºT;
GOLS: Nei, 21'/2ºT (1-0); Alex, 43'/2ºT (1-1);

INTERNACIONAL: Muriel, Nei, Rodrigo Moledo, Juan e Kléber; Guiñazu, Bolatti (João Paulo, intervalo), Andrezinho (Tinga, 32'/2ºT), D'Alessandro e Oscar (Ilsinho, 20'/2ºT); Jô. Técnico: Dorival Júnior.

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Paulo André, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo (Edenílson, 33'/2ºT) e Alex; Willian (Welder, intervalo) e Liedson (Jorge Henrique, 18'/2ºT). Técnico: Tite.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Jô demonstrou desgaste no fim do jogo contra o Fluminense

    Desgaste e chance de lesão podem fazer Corinthians não ter até seis titulares contra o Patriotas

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians volta à Arena na próxima quarta-feira

    Corinthians atualiza parcial de ingressos contra Patriotas e faz desafio à Fiel

    ver detalhes
  • Cavalinho do Corinthians lidera corrida do programa Fantástico

    Cavalinho do Corinthians 'quebra protocolo' e se apaixona por Fernanda Gentil no Fantástico

    ver detalhes
  • Romero em ação contra o Fluminense, no Maracanã

    Romero será reavaliado pelo departamento médico do Corinthians; outros preocupam

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes