Tite não se esquece de classificação vista do alambrado: “Tá louco!”

Tite não se esquece de classificação vista do alambrado: “Tá louco!”

“Para mim isso é inesquecível. Tá louco!”, bradou o técnico Tite, se lembrando da emoção de conquistar uma vaga nas semifinais da Copa Libertadores sem estar à beira do gramado do Pacaembu, na última quarta-feira. O comandante do Corinthians foi expulso e se dirigiu às arquibancadas para acompanhar os últimos minutos da suada vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, há exatamente uma semana.
Os detalhes dos minutos de ‘emoção à flor da pele’ nunca serão esquecidos pelo treinador, que recebeu sugestões e críticas da torcida durante o tempo que passou ali, misturado à massa corintiana: “É uma demonstração de carinho pelo clube e pelo momento que eu passava. Inesquecível”.
“Teve um cara que gritou ‘tira fulano’, mas quando ele estava chegando na metade, voaram nele, falando ‘cala a boca’, ‘torce aí’, e outros 300 adjetivos que você pode imaginar. ‘Ajuda o time’ era outro, tamanha a valorização do Corinthians e do técnico naquele momento. Eu olhei para o Duílio (Monteiro Alves, diretor de futebol) e para o Edu (Gaspar, gerente) e só sorri”, declarou o comandante do Corinthians, com os olhos cheios d’água.

Tite ficou emocionado diversas vezes na terça: a lembrança de quarta-feira passada vira e mexe volta à mente
O Corinthians teve duas semanas agitadas antes dos dez dias de folga que vive a partir de terça-feira, data da reapresentação do grupo. Após a classificação diante do Emelec, nas oitavas, a equipe teve o empate contra o Vasco em São Januário, a estreia no Brasileirão com derrota, a partida de volta, que garantiu a classificação, e novo revés diante do Atlético-MG, no último domingo, pela segunda rodada.
“Quarta em São Januário foi um empate em clima de guerra no primeiro jogo contra o Vasco. No domingo já chegamos ao Brasileiro com o peso do título brasileiro do ano passado. Quarta- feira teve o show da torcida no Pacaembu. No domingo foi um caldeirão, estilo de Libertadores, contra o Atlético-MG. De tudo isso, o que eu não vou esquecer é o espetáculo à parte da torcida no Pacaembu”, disse o comandante do “bando de loucos”.

Fonte: r7

Veja Mais:

  • Guilherme Arana é um dos principais jogadores do país em 2017

    Time espanhol trata Arana como prioridade e deve apresentar nova oferta para o Corinthians

    ver detalhes
  • Romero e Balbuena foram convocados pelo técnico Arce

    Lesão não impede convocação de Balbuena; Paraguai libera lista com os jogadores do Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians não vê jogo da equipe na TV aberta há quase um mês

    Fiel só tem uma opção para assistir na TV ao jogo do Corinthians contra Chapecoense

    ver detalhes
  • Elias deixou o Corinthians há um ano para reforçar o Sporting, de Portugal

    Por momento ruim do Atlético-MG, Elias cogita retorno ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes