Tite não se esquece de classificação vista do alambrado: “Tá louco!”

Tite não se esquece de classificação vista do alambrado: “Tá louco!”

“Para mim isso é inesquecível. Tá louco!”, bradou o técnico Tite, se lembrando da emoção de conquistar uma vaga nas semifinais da Copa Libertadores sem estar à beira do gramado do Pacaembu, na última quarta-feira. O comandante do Corinthians foi expulso e se dirigiu às arquibancadas para acompanhar os últimos minutos da suada vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, há exatamente uma semana.
Os detalhes dos minutos de ‘emoção à flor da pele’ nunca serão esquecidos pelo treinador, que recebeu sugestões e críticas da torcida durante o tempo que passou ali, misturado à massa corintiana: “É uma demonstração de carinho pelo clube e pelo momento que eu passava. Inesquecível”.
“Teve um cara que gritou ‘tira fulano’, mas quando ele estava chegando na metade, voaram nele, falando ‘cala a boca’, ‘torce aí’, e outros 300 adjetivos que você pode imaginar. ‘Ajuda o time’ era outro, tamanha a valorização do Corinthians e do técnico naquele momento. Eu olhei para o Duílio (Monteiro Alves, diretor de futebol) e para o Edu (Gaspar, gerente) e só sorri”, declarou o comandante do Corinthians, com os olhos cheios d’água.

Tite ficou emocionado diversas vezes na terça: a lembrança de quarta-feira passada vira e mexe volta à mente
O Corinthians teve duas semanas agitadas antes dos dez dias de folga que vive a partir de terça-feira, data da reapresentação do grupo. Após a classificação diante do Emelec, nas oitavas, a equipe teve o empate contra o Vasco em São Januário, a estreia no Brasileirão com derrota, a partida de volta, que garantiu a classificação, e novo revés diante do Atlético-MG, no último domingo, pela segunda rodada.
“Quarta em São Januário foi um empate em clima de guerra no primeiro jogo contra o Vasco. No domingo já chegamos ao Brasileiro com o peso do título brasileiro do ano passado. Quarta- feira teve o show da torcida no Pacaembu. No domingo foi um caldeirão, estilo de Libertadores, contra o Atlético-MG. De tudo isso, o que eu não vou esquecer é o espetáculo à parte da torcida no Pacaembu”, disse o comandante do “bando de loucos”.

Fonte: r7

Veja Mais:

  • Corinthians e Ponte empataram em 1 a 1 em duelo válido pela fase de grupos do Paulistão

    'Desacreditados', Corinthians e Ponte Preta abrem neste domingo final do Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Universidade Brasil firmou acordo com Corinthians para primeiro jogo da final estadual

    Corinthians anuncia patrocínio pontual para final do Paulistão; veja como fica a camiseta

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não volta ao Corinthians em 2017

    Corinthians empresta Alan Mineiro para quarto clube diferente em menos de um ano

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes