Mais uma parceria do Corinthians mirando a Ásia

Mais uma parceria do Corinthians mirando a Ásia

Por Meu Timão

12 mil visualizações 40 comentários Comunicar erro

O Corinthians vai se aproveitar do Mundial para engrenar os planos de internacionalização

O Corinthians vai se aproveitar do Mundial para engrenar os planos de internacionalização

O Corinthians fechou a parceria com a marca japonesa Toto para fornecimento de louça sanitária na Arena de Itaquera. Embora o fornecimento já tivesse sido divulgado, a parte nova da história é que haverá uma contrapartida do investimento.

O negócio inclui, além de dinheiro da parte do Corinthians, mídia cruzada. Ficará a cargo da Toto exibir imagens do estádio e do clube em seus estandes nas feiras de negócios no Japão.

O objetivo, além da divulgação da marca Corinthians para o Mundial, faz parte de uma estratégia maior do clube, de internacionalização e foco no mercado asiático, começada com a presença de Ronaldo, e mais recentemente reforçada pela contratação de Zizao.

Em crescimento, o mercado da bola na ásia, tem despontado com alto potencial e bons investimentos, investimentos esses que, inclusive, tiraram o jogador Drogba de Londres, ex-estrela do provável adversário do Corinthians no mundial, o Chelsea.

Fonte: DePrima / Lancenet

Veja Mais:

  • Revelação de 2017, Pedrinho reforça Corinthians diante do Red Bull Brasil

    Com Pedrinho, Carille relaciona 23 no Corinthians para duelo com Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Renê Júnior foi apresentado pelo Corinthians à imprensa em 7 de janeiro

    Reforço de R$ 5 milhões, volante aguarda primeira chance no Paulistão; novo esquema pode ajudá-lo

    ver detalhes
  • Livro 'Sócrates Eterno' será lançado na noite desta segunda, em São Paulo

    Viúva de Sócrates lança autobiografia do ex-jogador do Corinthians nesta segunda em São Paulo

    ver detalhes
  • Sem contusão, Clayson treinou normalmente e deve pegar Red Bull

    Após exames, Clayson treina no Corinthians e deve enfrentar Red Bull

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes