Dúvidas sobre internacionalização do Corinthians acabaram, diz Gobbi

Dúvidas sobre internacionalização do Corinthians acabaram, diz Gobbi

2.8 mil visualizações 21 comentários Comunicar erro

Para o presidente do Corinthians, Mário Gobbi, não há mais dúvidas: após a presença maciça de torcedores alvinegros a mais de 18 mil km do Brasil, no Japão, e, claro, da segunda participação da equipe no Mundial de Clubes da Fifa, o clube de Parque São Jorge, definitivamente, é internacional.
» Vai seguir o Corinthians no Japão? Conte sua história!
"Se alguém tinha alguma dúvida de que o Corinthians era internacionalmente conhecido, e tem um poder de massa, de mídia, e de marketing, tudo isso acabou hoje", disse Gobbi, em conversa com os jornalistas após a vitória do Corinthians diante do Al Ahly, do Egito, na estreia da equipe na competição intercontinental.
Por muitos e muitos anos, torcedores rivais zombaram da equipe alvinegra, que somente este ano conquistou a sua primeira Libertadores da América, ou seja, o primeiro título internacional de real importância. Costumeiramente, os corintianos eram aqueles que não tinham "passaporte".
Para o presidente do Corinthians, no entanto, essa é uma história que faz parte do passado, e que o Corinthians, já há um bom tempo, mudou este cenário. "O Corinthians colocou 30 mil pessoas hoje aqui. Só o Corinthians faz isso", completou.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Jadson é vice-artilheiro do Corinthians em 2018, atrás apenas de Rodriguinho

    Corinthians e Jadson estão próximos de negociar renovação contratual

    ver detalhes
  • Corinthians venceu São José em partida épica na última quarta-feira

    Final épica de basquete entre Corinthians e São José iguala recorde de 1951 da NBA

    ver detalhes
  • AMISTOSOS DO CORINTHIANS DURANTE A COPA | #60

    VÍDEO: Amistosos do Corinthians durante a Copa | #60

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez mostrou incômodo com postura dos empresários de Balbuena

    Andrés Sanchez critica empresários de Balbuena em entrevista a jornal português

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes