Vital assume cansaço após sequência de jogos; meia dá motivos para Fiel acreditar no bicampeonato

Vital assume cansaço após sequência de jogos; meia dá motivos para Fiel acreditar no bicampeonato

Por Meu Timão

9.5 mil visualizações 129 comentários Comunicar erro

Meio-campista foi titular do Timão pela quarta vez consecutiva

Meio-campista foi titular do Timão pela quarta vez consecutiva

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O meio-campista Mateus Vital, titular do Corinthians no tropeço por 1 a 0 para o Palmeiras, na tarde neste sábado, não escondeu estar desgastado. Depois de ouvir o técnico Fábio Carille dizer que o garoto não rendeu o esperado por questões físicas, o próprio corinthiano assumiu que a sequência de quatro jogos decisivos, onde entrou para substituir Jadson, pesou.

"Um pouquinho de cansaço pela sequência de jogos, né. Jogos importantes que a gente precisava do resultado, então a gente corria, atacava, defendia, e eu também participei disso e me sinto um pouco cansado, sim", contou, na zona mista da Arena de Itaquera, onde a bola rolou no primeiro duelo válido pela final do Campeonato Paulista.

Leia também: Carille lamenta desgaste físico e diz que expulsões prejudicaram Corinthians e Palmeiras

Apesar de ter saído atrás no resultado, com gol palmeirense marcado ainda aos sete minutos do primeiro tempo, feito por Borja, Vital deu motivos para a Fiel acreditar no bicampeonato alvinegro. O confronto de volta acontece no próximo domingo, dia 8, às 16h, no Allianz Parque.

"Pelo que a gente já fez no campeonato, né? Em jogos que a gente precisava do resultado, fomos buscar, e hoje nós não fizemos um mau jogo. Infelizmente não conseguimos o resultado, perdemos em casa. É levantar a cabeça para buscar o resultado agora lá no Allianz Parque", afirmou.

Confusão

Sobre a confusão começada em lance envolvendo Henrique e Dudu, o meia do Timão, assumidamente avesso a brigas, lamentou. Clayson e Felipe Melo, que em clássicos protagonizam rivalidade à parte, foram expulsos após troca de socos.

"Estava meio de longe, fui lá só para tentar separar meus companheiros. Mas quando fui o Felipe Melo me segurou. Fui falar com ele normal, ele falou comigo de boa. Infelizmente teve esse caso da briga e o Clayson acabou sendo expulso e o Felipe Melo também."

"Complicado. Não gosto muito disso, mas infelizmente aconteceu e acabamos perdendo um jogador importantíssimo", finalizou.

Veja mais em: Mateus Vital, Dérbi, Campeonato Paulista, Torcida do Corinthians e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians é o atual vice-campeão da Copa do Brasil

    Com dez possibilidades, Corinthians conhece nesta quinta primeiro rival da Copa do Brasil-2019

    ver detalhes
  • Corinthians de Fábio Carille deve chegar reforçado para temporada de 2019

    Retorno de Carille turbina padrão do Corinthians no mercado da bola; veja listas e compare

    ver detalhes
  • Ramiro tem 25 anos e estava no Grêmio desde 2013

    Negócio entre Corinthians e Ramiro é detalhado por presidente do Grêmio: 'Estamos amarrados'

    ver detalhes
  • Castan negou estar preocupado com competitividade do elenco do Vasco para 2019

    Alvo do Corinthians, Leandro Castan nega preocupação com formação de elenco do Vasco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes