Levantador do Corinthians/Guarulhos faz balanço sobre ano de estreia e projeta futuro

Levantador do Corinthians/Guarulhos faz balanço sobre ano de estreia e projeta futuro

1.8 mil visualizações 27 comentários Comunicar erro

Rodrigo Ribeiro marcou 51 pontos pelo Corinthians/Guarulhos durante a Superliga

Rodrigo Ribeiro marcou 51 pontos pelo Corinthians/Guarulhos durante a Superliga

Foto: Flavio Perez/ On Board Sports

O Corinthians/Guarulhos está perto de completar um ano de existência e, mesmo com uma eliminação nas quartas de final da Superliga Masculina de Vôlei, o saldo alvinegro é positivo. Formada em maio do ano passado, a equipe de voleibol do Timão termina a temporada de estreia como vice-campeã da Copa São Paulo e dona do título da Taça Ouro, que deu vaga ao principal torneio da modalidade no país.

Para o levantador Rodrigo Ribeiro, o ano de estreia trouxe orgulho para o Timão. "Acredito que nessa primeira temporada nós conseguimos fazer uma campanha bacana, alcançamos os objetivos traçados, fizemos final do campeonato paulista, vencemos a Taça Ouro, fizemos a final da Copa São Paulo e terminamos na sexta colocação da Superliga. Acredito que no trabalho algumas coisas precisam ser melhoradas para a próxima temporada e consequentemente as pessoas que estão à frente do projeto vão fazer isso, mas no geral a temporada para mim foi ótima", disse o camisa 1 em entrevista ao Meu Timão.

"Conseguimos alcançar os objetivos que queríamos, é claro que ainda temos muito o que evoluir, mas todos os resultados foram muito válidos", completou.

O Corinthians/Guarulhos deu adeus a Superliga na última sexta-feira, quando perdeu por 3 sets a 0 para o Sesi-SP, em pleno Ginásio da Ponte Grande. O duelo mata-mata teve o mesmo resultado do confronto anterior, e o Timão deixou o torneio nacional antes das semifinais. A equipe do técnico Alexandre Stanzioni não venceu um set sequer pela disputa dos playoffs da competição.

Quanto aos principais pontos da temporada, Rodrigo fez questão de destacar o poder de reação do Timão em quadra ."A principal característica positiva do time esse ano pra mim, e que se identifica muito com o Corinthians, foi o poder de superação que tivemos em muitos momentos. Esse poder de superação vale ser levado pras próximas temporadas. Os pontos negativos devem ser avaliados, para aprender com os erros, e deixados no passado. Sem carregar bagagens desnecessárias", justificou o levantador.

Rodrigo Ribeiro integrou o elenco do Corinthians/Guarulhos carregando passagens por Montes Claros, Juiz de Fora, São Bernardo, Volta Redonda, Vivo Minas e Vôlei Futuro. Aos 32 anos, o levantador foi um dos principais nomes do elenco alvinegro e marcou 51 pontos durante toda a participação do grupo na Superliga.

"Eu tive um crescimento pessoal muito grande (aqui no Corinthians), aprendi muitas coisas, foi um desafio que eu consegui superar e estou muito satisfeito com os resultados e tudo o que nós alcançamos como equipe e individualmente nessa temporada. Eu quero agradecer primeiramente a Deus, por ter me dado saúde e força para eu conseguir superar e buscar meus objetivos, a minha família, aos meus amigos, aos meus colegas de equipe e a todos que trabalharam e contribuíram para que de alguma forma isso pudesse acontecer", afirmou.

Mesmo com a precoce eliminação na Superliga, a parceria do Corinthians com a prefeitura de Guarulhos pela equipe de vôlei está mantida para a temporada que vem. O anúncio foi antecipado pelo próprio presidente do Timão, Andrés Sanchez, que esteve no último treino da equipe antes da decisão contra o Sesi-SP. A marca foi celebrada por Rodrigo, que desejou uma consolidação do projeto nos próximos anos.

"Os idealizadores fizeram o projeto com a intenção de que o time existisse por muito tempo. Torço muito para que o caminho seja esse, de consolidação, e as parcerias são fundamentais para que isso ocorra", finalizou.

Veja mais em: Vôlei do Corinthians.

Veja Mais:

  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Corinthians e São José se enfrentam na noite desta quarta-feira

    Fora de casa? Sem problema! Final da Liga Ouro tem transmissão na TV nesta quarta-feira

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes