Corinthians agenda reunião e quer renovar com Balbuena antes da decisão do Paulista

Corinthians agenda reunião e quer renovar com Balbuena antes da decisão do Paulista

18 mil visualizações 130 comentários Comunicar erro

Balbuena contra o Palmeiras no primeiro jogo; diretoria quer renovar vínculo antes da finalíssima

Balbuena contra o Palmeiras no primeiro jogo; diretoria quer renovar vínculo antes da finalíssima

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

A diretoria do Corinthians quer Balbuena de contrato renovado antes de entrar em campo contra o Palmeiras, neste domingo, às 16h, no Allianz Parque. Uma reunião com os empresários do zagueiro está agendada para esta sexta-feira na capital paulista - os agentes ainda tentam antecipar o voo para o Brasil.

Apesar da avaliação interna de que o paraguaio manteve o foco e a concentração sem maiores dificuldades apesar da indefinição da renovação contratual, a intenção do presidente Andrés Sanchez é a de deixá-lo com a cabeça ainda mais tranquila antes da finalíssima.

Diretoria e estafe do jogador conversam desde setembro do ano passado, quando houve a primeira reunião entre as partes na cidade de Buenos Aires. O Corinthians aproveitou a viagem para o jogo contra o Racing, pela Sul-Americana, para conversar com um dos agentes, que é argentino.

De lá para cá, inúmeras trocas de mensagens e telefonemas sem sucesso. A divulgação de que a pedida inicial de luvas dos empresários foi na casa dos 4 milhões de euros (cerca de R$ 16 milhões) irritou Balbuena, que veio a público garantir que tal valor era mentira.

O zagueiro, em todas as entrevistas coletivas, garante que nem ele nem seus agentes estão enrolando o clube com a intenção de fazer o tempo passar e, no fim do ano, ficar de posse dos direitos econômicos e federativos. "Jamais faria isso, não é da minha índole", garantiu.

Na última entrevista, concedida após o revés para o Palmeiras, o paraguaio deixou claro sua intenção de permanecer no Corinthians, mas também não garantiu que no Brasil jogaria apenas no clube. "Depois, se não der certo de eu ficar, vão me chamar de mentiroso", ponderou.

Balbuena chegou ao Timão em janeiro de 2016. Após um ano um tanto quanto irregular, o defensor se firmou e virou um dos líderes do elenco. Isso sem falar na segurança em campo e nos gols marcados (11 gols em 121 jogos), igualando ninguém menos do que Freddy Rincón.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Balbuena e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians conquistou o Paulistão-2018 em pleno Allianz Parque

    Corinthians conhece seu grupo no Campeonato Paulista de 2019; mata-mata terá VAR

    ver detalhes
  • Diretoria do Corinthians tem 'pepino' de mais de R$ 21 milhões em 2018

    Déficit do Corinthians aumenta em 2018 e ultrapassa R$ 21 milhões; dívida total é de R$ 504 mi

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez promete reforços 'de cancha' ao Corinthians do técnico Jair Ventura

    Andrés Sanchez promete tentar contratação de 'jogadores de cancha' para Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Caio Mello, fisioterapeuta, antes de um dos jogos do Corinthians

    Reunião com Andrés define situação de membros da comissão técnica que discutiram publicamente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes