Marcelinho Carioca relembra clima e resume peso de um Dérbi: 'É final de Copa do Mundo'

Marcelinho Carioca relembra clima e resume peso de um Dérbi: 'É final de Copa do Mundo'

Por Meu Timão

1.2 mil visualizações 31 comentários Comunicar erro

Marcelinho quer Corinthians pilhado na decisão do Paulistão contra o Palmeiras

Marcelinho quer Corinthians pilhado na decisão do Paulistão contra o Palmeiras

Foto: Placar/Divulgação/Corinthians

Desde o apito final do último sábado, com derrota do Corinthians por 1 a 0, grande parte da Fiel não dorme direito. Os torcedores contam as horas para a decisão do Paulistão diante do Palmeiras, neste domingo, às 16h. O clima até tem relação com o fato de ser uma final, mas para a grande maioria, o jogo é diferente justamente por ser um Dérbi. Quem já viveu dentro das quatro linhas reforça a ideia de que nada se compara a rivalidade entre as equipes.

"Contra eles, é final de Copa do Mundo. Para o corintiano, o Brasil pode chegar na final da Copa e perder, mas o Corinthians não pode perder para o Palmeiras. Então, em quatro finais que disputei, perdi uma e ganhei três. Você treina diferente, o comportamento é diferente, se alimenta diferente. É num clássico que você fica marcado na história, você se torna ídolo, faz jogada memorável", recordou Marcelinho Carioca, em entrevista ao Lance!.

"Ali o torcedor quer ver a superação nesse momento Já vi jogador mudar de comportamento na semana, tomou dura no vestiário, porque contra pequeno jogava de um jeito, contra rival mudava. Não pode se esconder: é tiro porrada e bomba. É guerra, mano. É forte", completou.

Leia também:
Com escalação inédita, Corinthians desafia Palmeiras em Dérbi final do Paulistão
Cássio garante confiança em título do Corinthians e explica caminhos para pegar pênaltis

Pelo resultado negativo no primeiro encontro, a torcida espera ainda mais o espírito ressaltada pelo Pé de Anjo. Neste domingo, os comandados de Carille precisavam vencer por dois ou mais gols de diferença para erguer o troféu diretamente. Em caso de triunfo simples, a decisão vai para os pênaltis. Para Marcelinho, vai ser assim, com muita emoção.

"Acho que o Corinthians tem um todo, não tem individual. Acho que tem de ter inteligência, não pode ficar esperando, tem de ir pra cima para pressionar. O peso da camisa empurra. E tem jogadores que têm estrela, o Emerson Sheik tem estrela. E no futebol tudo pode acontecer, 1 a 0 vai para os pênaltis", palpitou.

Para a grande final, vale destacar, Emerson Sheik deve começar no banco. Conforme definido no último treino, a escalação alvinegra deve contar com Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf e Maycon; Mateus Vital, Jadson, Rodriguinho e Romero.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians e Dérbi.

Veja Mais:

  • Duelo ganhou ares dramáticos com prorrogação, mas terminou em alívio e comemoração dos corinthianos

    Em jogo dramático, pivô faz três, Corinthians segura empate na prorrogação e vai às quartas da LNF

    ver detalhes
  • Roger marcou o gol da virada do Corinthians, que ainda levou empate do Vitória nos acréscimos

    Veja sobe e desce do Corinthians na classificação ao término da 30ª rodada do Brasileirão

    ver detalhes
  • Atacante Matheus Mello, de 16 anos, foi destaque na disputa da Taça BH desta temporada

    Corinthians contrata atacante de 16 anos com multa rescisória de mais de R$ 80 milhões

    ver detalhes
  • Empresário de Pedrinho fez acusações contra Neto em vídeo nesta segunda-feira

    Empresário de Pedrinho acusa Neto de assédio e xinga ex-meia em vídeo: 'Gordo ridículo'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes